PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Doria: Constituímos comitê executivo empresarial para decisões conjuntas

Gabriel Caldeira, Pedro Caramuru e Elizabeth Lopes

19/03/2020 14h28

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que o governo do Estado constituiu um comitê com 50 empresários que atuam no setor privado em São Paulo. Segundo ele, o grupo, que fará duas reuniões semanais até o final de abril, ajudará na "tomada de decisões conjuntas com vista a mitigar efeitos da crise do novo coronavírus e garantir abastecimento" no Estado.

Doria afirmou que o primeiro encontro com o empresariado ocorreu ontem, 18. Na reunião, o governador fez um apelo para que os empresários não dispensem funcionários das empresas e optem por planejar períodos maiores de férias, bem como administrar esquemas de trabalho remoto, à medida do possível.

O comitê recém-criado irá servir, também, para o governo de São Paulo fechar acordos de doações do setor privado. Doria anunciou que a maior cooperativa brasileira de produtos derivados do álcool, a Cooperalcool, irá doar 50 mil frascos de álcool em gel para os serviços de segurança pública de São Paulo, através da Polícia Militar, Polícia Civil, polícia científica e corpo de bombeiros. Segundo o governador, a disposição do empresariado para ajudar na crise é "muito grande".

O governador ainda revelou que a Associação Paulista de Supermercados (Apas) determinou que, a partir do dia 23, os supermercados do Estado deverão vender frascos de álcool em gel com margem zero em relação ao valor da aquisição do produto, sem repassar nenhum valor adicional ao consumidor. Doria ponderou que a medida não abrange as farmácias de São Paulo, mas espera que o setor se "solidarize com a decisão da Apas" e conceda a margem zero na venda de álcool em gel nos estabelecimentos.