PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

IPP sobe 0,70% em fevereiro ante 0,35% em janeiro, revela IBGE

Daniela Amorim

Rio

27/03/2020 09h41

O Índice de Preços ao Produtor (IPP), que inclui preços da indústria extrativa e de transformação, registrou alta de 0,70% em fevereiro, informou nesta sexta-feira, 27, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de janeiro foi revista de uma alta de 0,32% para avanço de 0,35%.

O IPP mede a evolução dos preços de produtos na "porta da fábrica", sem impostos e fretes, da indústria extrativa e de 23 setores da indústria de transformação. Com o resultado de fevereiro, o IPP de indústrias de transformação e extrativa acumulou aumento de 1,05% no ano de 2020. A taxa acumulada em 12 meses foi de 6,62%.

Considerando apenas a indústria extrativa, houve elevação de 5,51% em fevereiro, após a alta de 5,52% registrada em janeiro.

Já a indústria de transformação registrou aumento de 0,46% em fevereiro, ante avanço de 0,10% no IPP de janeiro.

A alta de 0,70% no IPP foi decorrente de avanços disseminados. Houve aumentos em 20 das 24 atividades pesquisadas. As maiores elevações foram registradas pelas indústrias extrativas (5,51%), calçados e artigos de couro (3,40%) e metalurgia (2,81%).

Em termos de influência, os principais impactos positivos sobre o IPP foram dos aumentos nos preços dos alimentos (alta de 1,60% e impacto de 0,37 ponto porcentual), das extrativas (0,26 ponto porcentual) e metalurgia (0,17 ponto porcentual).

Por outro lado, a queda de 6,34% nos preços de refino de petróleo e produtos de álcool impediu uma alta mais elevada na inflação da indústria, ajudando a conter o IPP em -0,68 ponto porcentual.