PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Emendas serão reunidas em um outro projeto complementar a voucher, diz Anastasia

Emilly Behnke

Brasília

30/03/2020 14h23

O vice-presidente do Senado, Antonio Anastasia (PSD-MG), afirmou nesta segunda-feira, 30, que a Casa deverá reunir em um projeto complementar as emendas ao texto do voucher de R$ 600,00. O auxílio emergencial será votado nesta segunda-feira no Senado e para evitar que retorne à Câmara, só terá emendas de redação.

O auxílio emergencial aprovado pelos deputados na semana passada beneficia trabalhadores informais e desempregados. O valor será concedido durante três meses podendo ser prorrogado enquanto durar a calamidade pública devido à pandemia do novo coronavírus.

As emendas que alterem o mérito do projeto serão reunidas em um outro texto, que deve ser apreciado já na terça, segundo Anastasia.

O projeto deve incluir outras categorias como aptas para receber o benefício durante a crise provocada pela covid-19, como trabalhadores intermitentes, motoristas e pescadores sazonais. "São vários casos que na visão de muitos (senadores) não foram acobertados nesse projeto e que merecem ser", disse Anastasia.

A ideia dos senadores é apensar ao texto complementar propostas similares que já tramitam na Casa, além de incluir as emendas de mérito. "Tudo isso será colocado sob um só guarda-chuva, sob uma só roupagem que será relatado em um projeto único pelo senador Esperidião Amin (PP-SC)", explicou.

O acordo para a votação foi definido em reunião de líderes partidários da Casa. Na terça de manhã, as lideranças se reúnem novamente para definir o restante da pauta da semana.