PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

EUA dizem que vão acelerar diálogo e agenda econômica com o Brasil

O presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e dos EUA, Donald Trump, durante jantar na Flórida, em março - Jim Watson/AFP
O presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e dos EUA, Donald Trump, durante jantar na Flórida, em março Imagem: Jim Watson/AFP

Gabriel Bueno da Costa

17/04/2020 21h42

O Escritório do Representante de Comércio dos Estados Unidos (USTR, na sigla em inglês) divulgou comunicado nesta sexta-feira (17) no qual informa que houve uma reunião por teleconferência na quinta-feira com autoridades do Brasil.

A nota diz que representantes de alto nível do USTR conversaram com os ministros brasileiros das Relações Exteriores, Economia e Agricultura, para discutir "a implementação de uma agenda econômica e comercial ambiciosa entre Brasil e Estados Unidos, como combinado pelos presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump" em sua reunião em 7 de março em Mar-a-Lago, na Flórida.

A nota diz que a visão compartilhada de objetivos dos dois presidentes aponta para um engajamento estratégico e em transformação dos dois países em sua "parceria comercial e econômica".

Os dois governos concordaram em acelerar seu diálogo comercial em andamento no âmbito da Comissão sobre Economia e Relações Exteriores (ATEC, na sigla em inglês), com vistas a concluir em 2020 um acordo sobre regras comerciais e transparências, incluindo a facilitação de comércio e boas práticas regulatórias, diz a nota americana.

"Eles também concordaram em consultas domésticas, consistentes com procedimentos de cada país, para solicitar informações sobre como melhor expandir o comércio e desenvolver a relação econômica bilateral."

O comunicado afirma ainda que a Comissão ATEC continuará com o foco em aprofundar esse engajamento, a fim de avançar na agenda de curto prazo e também fazer "trabalho preparatório para uma parceria mais aprofundada". Os contatos entre as autoridades comerciais dos dois países já eram esperados para esta semana.