PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Saída de Moro não muda visão de Guedes na economia, diz presidente da Caixa

Aline Bronzati

São Paulo

24/04/2020 15h35

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou que a saída do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, não muda em nada a visão do ministro da Economia, Paulo Guedes, para a condução das agendas de reformas e da economia brasileira. Disse ainda que um posicionamento sobre o assunto está a cargo do presidente da República, Jair Bolsonaro.

"A posição sobre saída do Moro é do presidente Bolsonaro. Não vejo nenhuma mudança na direção da economia. O ministro da Economia, Paulo Guedes, meu chefe, tem plano claro", disse Guimarães, durante "live", ressaltando o nome do chefe repetidas vezes. O presidente da Caixa tem sido cotado nos bastidores nos últimos meses como um eventual substituto de Guedes caso o ministro deixe o governo.

De acordo com Guimarães, o momento é de enfrentamento de uma crise na área da saúde e redução potencial de uma crise econômica. "Após arrefecimento da questão da saúde, virão outras medidas na linha da agenda que Guedes tem defendido. Não vejo nenhum tipo de mudança na visão de Guedes (em meio à saída do Moro) e um posicionamento sobre é com o presidente Bolsonaro", frisou Guimarães.

Em discurso sobre interferências do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal, Moro anunciou nesta sexta-feira, 24, que deixará o cargo. Segundo ele, a substituição do diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, foi uma sinalização de que Bolsonaro não o queria no cargo.