PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Castello Branco: choque de liquidez exerce efeito similar a de ataque cardíaco

Denise Luna

Rio e São Paulo

30/07/2020 20h27

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou em Mensagem do Presidente que acompanha o balanço referente ao segundo trimestre da estatal, que o choque de liquidez decorrente da queda do preço de petróleo no período "exerce um efeito similar ao de uma ataque cardíaco".

Segundo o executivo, o preço da commodity saiu de um patamar de US$ 65 por barril em fevereiro para US$ 19/b em abril, devido à contração de 25% da demanda global, "ameaçando uma parada súbita nos fluxos de caixa".

"Face à profunda incerteza, a perspectiva de queima contínua de caixa era demasiadamente real", destacou na mensagem.

A Petrobras informou hoje que registrou no segundo trimestre um prejuízo de R$ 2,7 bilhões, depois de um prejuízo de R$ 48 bilhões no primeiro trimestre por conta de uma baixa contábil de ativos. O resultado elevou o prejuízo no primeiro semestre para R$ 51 bilhões, contra lucro de R$ 22 bilhões no mesmo período de 2019.