PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Arrecadação de janeiro poderá atestar tendência de crescimento, diz Tostes

13.mai.2015 - José Barroso Tostes Neto, novo secretário da Receita Federal - Pedro França - 13.mai.2015/Agência Senado
13.mai.2015 - José Barroso Tostes Neto, novo secretário da Receita Federal Imagem: Pedro França - 13.mai.2015/Agência Senado

Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues

Brasília

25/01/2021 17h42

O secretário especial da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto, afirmou nesta segunda, 25, que as perspectivas para a arrecadação no mês de janeiro deste ano são positivas. "Ao fechar a arrecadação de janeiro, poderemos atestar a tendência de crescimento iniciada em agosto", afirmou o secretário.

Durante entrevista coletiva à imprensa, Tostes foi questionado sobre o fato de a alta real (atualizada pela inflação) da arrecadação ter desacelerado nos últimos meses. Sucessivamente, houve elevação de 9,56% em outubro, 7,31% em novembro e de 3,18% em dezembro do ano passado.

"A comparação mês contra mês não é adequada, porque há sazonalidades específicas, que impactam de forma diferente. Há meses de vencimentos de tributos", lembrou Tostes. Segundo o secretário, os dados de janeiro e de fevereiro poderão confirmar ou não a tendência de alta iniciada no ano passado, após a arrecadação sofrer forte queda nos primeiros meses da pandemia do novo coronavírus.