PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Davos: queremos nos tornar autossuficientes para fortalecer globalismo, diz Modi

Eduardo Gayer

São Paulo

28/01/2021 10h32

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, afirmou nesta quinta-feira (28) que o país deseja se tornar "autossuficiente", embora não tenha detalhado em quais setores, para fortalecer o globalismo "de outra maneira". A declaração foi feita durante o Fórum Econômico Mundial. O evento, tradicionalmente sediado em Davos, na Suíça, ocorre de modo virtual neste ano devido à pandemia, mas uma edição presencial está marcada para maio, em Cingapura.

Citando conectividade, automação e inteligência artificial como fatores-chave para a transformação da economia local, Modi ressaltou a forte infraestrutura digital do país como uma conquista. "Ela não apenas tornou a prestação de serviços mais eficiente, mas mais transparente", afirmou, revelando, ainda, o desejo do governo em ampliar o atendimento de saúde à população. "Uma lição aprendida durante a pandemia".

Segundo Modi, seu ministério se dedica a realizar reformas estruturais e conceder novos incentivos fiscais como forma de alavancar a atividade econômica indiana. "Gostaria de assegurar a todos que todo sucesso que alcançarmos será útil para o mundo inteiro. O movimento autônomo que iniciamos está totalmente comprometido com as cadeias de suprimentos globais. A Índia tem a capacidade, a capacidade e a confiabilidade para fortalecê-las", declarou o premiê. "A Índia hoje tem uma base de consumidores muito grande e, quanto maior ela for, mais benéfico será para a economia global", acrescentou.

PUBLICIDADE