PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Pandemia atrasou processo de venda de refinaria, diz presidente da Petrobras

Fernanda Nunes e Denise Luna

Rio

28/01/2021 14h24

A Petrobras está em fase avançada de negociação de cinco das oito refinarias que colocou à venda - Refap (RS), Rlam (BA), Lubnor (CE), Six (PR) e Reman (AM), segundo o presidente da companhia, Roberto Castello Branco, em evento promovido pelo banco Credit Suisse. Para as demais - Repar (PR), Regap (MG) e Rnest (PE) -, a estatal ainda está recebendo propostas de compradores interessados.

Durante o evento, o executivo afirmou que a pandemia atrasou a venda de refinarias porque alguns dos interessados tiveram dificuldade em realizar o processo de due deligence, no qual são identificadas os riscos e oportunidades do negócio.

Também a venda de campos maduros está em curso, destacou Castello Branco, acrescentando que não há interesse de vender áreas da Bacia de Santos. Em vez disso, a empresa planeja investir US$ 13 bilhões na revitalização da bacia.

"Nossos esforços não se concentram apenas no pré-sal", acrescentou o executivo, ressaltando que a margem oriental do litoral brasileiro também é do interesse da companhia, como a região do Foz do Amazonas.

Além disso, a Petrobras tem investido em tecnologias para tornar possível a produção em áreas do pré-sal onde encontra dificuldade por conta da alta concentração de CO2.