PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Comitê da Câmara dos EUA inicia audiência sobre 'caso GameStop'

Iander Porcella

São Paulo

18/02/2021 14h58

O Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos iniciou na tarde desta quinta-feira, 18, uma audiência sobre a volatilidade causada nos mercados acionários americanos por movimentos especulativos de investidores de varejo, o que ficou conhecido como "caso GameStop".

As ações da GameStop subiram mais de 400% na última semana de janeiro, com o aumento da demanda de usuários da rede social Reddit, mais especificamente do fórum WallStreetBets, o que causou um short squeeze no mercado.

Na audiência, chamada de "Game Stopped? Quem ganha e quem perde quando os vendedores a descoberto, a mídia social e os investidores de varejo se chocam", serão ouvidos os CEOs da corretora Robinhood, Vlad Tenev, do fundo de hedge Melvin Capital, Gabriel Plotkin, do fundo de hedge Citadel, Kenneth Griffin, e do Reddit, Steve Huffman.

O evento conhecido como short squeeze ocorre quando um ativo dá um salto e força investidores que apostam em sua queda a comprá-lo, para evitar uma perda maior.

Os grandes fundos de hedge que foram impactados pela especulação, como o Melvin Capital, haviam "alugado" papéis como os da GameStop.

O objetivo era vender essas ações no mercado e comprá-las de volta por um preço menor, embolsando a diferença antes de devolver os ativos ao dono original. No entanto, com a disparada das ações, esses fundos se viram obrigados a recomprá-las o mais rápido para zerar posição e evitar mais prejuízos - o que alimentou ainda mais a alta de preços, como uma bola de neve.

PUBLICIDADE