PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Nova metodologia do Caged melhora qualidade e dados são comparáveis, diz Bianco

Eduardo Rodrigues e Francisco Carlos de Assis

Brasília e São Paulo

30/03/2021 13h40

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, enfatizou nesta terça-feira, 30, que a nova metodologia de captação do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) adotada em janeiro do ano passado melhorou a qualidade do indicador. Segundo ele, os saldos são críveis e comparáveis com os resultados da série histórica até 2019.

"Não tenho dúvida de que o saldo é algo concreto e bastante crível, já que melhoramos a captação tanto das admissões como das demissões", completou Bianco.

O Caged registrou um saldo positivo de 401.639 carteiras assinadas em fevereiro. Esse foi o melhor resultado para o mês na série histórica, iniciada em 1992. Até então o melhor resultado para fevereiro havia sido em 2011, quando foram criadas 280.799 mil vagas no segundo mês do ano.

Em fevereiro de 2020, houve a abertura de 225.648 postos com carteira assinada.

Desde janeiro do ano passado o uso do Sistema do Caged foi substituído pelo Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial) para parte das empresas, o que traz algumas diferenças na comparação com resultados dos anos anteriores.

"São dados comparáveis, não tenho problema nenhum com isso. O que se deve comparar são os saldos. Melhorou a captação para admissões e demissões, e somos convictos do saldo. Mas sim, houve mudança de metodologia", completou Bianco.

PUBLICIDADE