PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Aneel aprova reajuste médio de 12,4% na conta de luz no interior e litoral de SP

Aneel aprovou um reajuste médio de 12,40% nas tarifas da CPFL Piratininga, que atende 1,8 milhão de unidades consumidoras nos municípios do interior e litoral do Estado de São Paulo - Getty Images
Aneel aprovou um reajuste médio de 12,40% nas tarifas da CPFL Piratininga, que atende 1,8 milhão de unidades consumidoras nos municípios do interior e litoral do Estado de São Paulo Imagem: Getty Images

Leandro Tavares

São Paulo

21/10/2021 11h37Atualizada em 21/10/2021 19h03

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, durante reunião extraordinária, um reajuste médio de 12,40% nas tarifas da CPFL Piratininga, do grupo CPFL Energia, que atende 1,8 milhão de unidades consumidoras nos municípios do interior e litoral do Estado de São Paulo. A nova tarifa passa a vigorar a partir de 23 de outubro.

Para os consumidores em alta tensão, o efeito médio será de 5,69%, enquanto para os consumidores de baixa tensão, o impacto médio será de 16,40%.

De acordo com o diretor e relator do processo, Efrain Cruz, o reajuste acontece em um momento de indicadores inflacionários pressionados e de escassez hídrica nos reservatórios das hidrelétricas, por isso houve a necessidade de ações pela Aneel para evitar um reajuste elevado, por conta dos custos do despacho térmico.

A Aneel tem feito esse tipo de ação com todas as distribuidoras com reajustes tarifários a partir de junho deste ano, como forma de amenizar o impacto na conta do consumidor.

PUBLICIDADE