PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

OMC: ambiente comercial mais inclusivo é necessário para resiliência econômica

São Paulo

16/11/2021 12h07

Em relatório anual, divulgado nesta terça-feira, a Organização Mundial do Comércio (OMC) aborda a fragilidade e resiliência de países diante de crises em um sistema comercial interconectado globalmente. No documento, a Organização defende que um ambiente mais aberto e inclusivo é necessário para impulsionar a resiliência das economias.

"Dada sua natureza interconectada, o comércio internacional pode aumentar a exposição de uma economia a riscos e contribuir com a transição de ondas de choque. Ao mesmo tempo, ele pode impulsionar a resiliência econômica, especialmente quando aliado a políticas domésticas e cooperação global efetiva", afirma o documento.

A OMC afirma que uma cooperação internacional mais forte pode fortalecer suporte mútuo entre as economias e tornar o mundo melhor preparado para crises futuras. "A frequência, intensidade, escala e duração de desastres naturais, incluindo pandemias, e incidências de riscos operacionais e tecnológicos, em especial ataques cibernéticos, têm aumentado e tendem a continuar assim."

Apesar de facilitar a transmissão de riscos, o comércio pode ajudar a preparar os países para os choques, ao ser uma fonte de crescimento econômico e produtividade, dando as ferramentas técnicas, institucionais e financeiras aos membros, diz a OMC.

A diretora-geral da Organização, Ngozi Okonjo-Iweala, aponta que o relatório conclui que a cooperação comercial "é fundamental para melhorar a resiliência a choques, porque promove uma maior diversificação de produtos, fornecedores e mercados". O documento aponta para maneiras pelas quais o comércio pode sustentar a resiliência econômica para famílias, empresas e governos, especialmente quando apoiado por políticas domésticas complementares e cooperação global eficaz, reforça Ngozi.

PUBLICIDADE