PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

UE discutirá com Biden como priorizar entregas de gás dos EUA para bloco

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, discursa durante uma sessão plenária do Parlamento Europeu na sede da UE em Bruxelas - John Thys/AFP
A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, discursa durante uma sessão plenária do Parlamento Europeu na sede da UE em Bruxelas Imagem: John Thys/AFP

Ilana Cardial

Estadão Conteúdo

23/03/2022 13h42Atualizada em 23/03/2022 14h38

Em meio à guerra na Ucrânia e o debate de sanções à Rússia, a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, disse que irá discutir amanhã com o presidente norte-americano, Joe Biden, como priorizar a entrega de gás natural dos Estados Unidos para a União Europeia nos próximos meses.

"Miramos ter um compromisso para ofertas adicionais para os próximos dois invernos locais", afirmou, em discurso no Parlamento Europeu. "Políticas de energia são também políticas de segurança", disse Von der Leyen.

A líder defendeu que países-membros do bloco comecem a comprar gás juntos em vez de competir um com o outro e elevar os preços de energia.

No discurso, a autoridade europeia disse ainda que o presidente russo, Vladimir Putin, se tornou "o pior inimigo também da população russa".

"As sanções já estão prejudicando o coração da economia russa", afirmou Ursula Von der Leyen. "Todos os nossos esforços são feitos para que este seja um fracasso estratégico para Putin".