PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Para Eurogrupo, política fiscal da UE passará de estimulante para neutra em 2023

São Paulo

23/05/2022 17h14

Presidente do Eurogrupo, Paschal Donohoe afirmou que a política fiscal da União Europeia (UE) vai mudar de uma postura estimulante para "neutra" em 2023, à medida que o bloco passa a lidar com fraquezas econômicas mais concentradas, sem necessidade de um plano de apoio como o realizado durante a crise do coronavírus.

Segundo ele, que falou durante coletiva de imprensa após reunião formal do Eurogrupo, os impactos da guerra na Ucrânia serão superados por uma economia europeia "resiliente", embora o crescimento e o poder de compra dos europeus devam sofrer no curto prazo, especialmente por conta dos altos preços de fontes energéticas e outras commodities.

Também presente na coletiva, o comissário para Economia da UE, Paolo Gentiloni, afirmou que o suporte fiscal da UE deverá ser, agora, mais focado e limitado, para lidar com a crise energética no bloco, por exemplo.