PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

JBS Foods USA firma acordo nos EUA para plano de proteção a doenças infecciosas

São Paulo

28/05/2022 13h00

O Departamento de Trabalho dos Estados Unidos informou que quatro subsidiárias e afiliadas da JBS Foods USA firmaram acordo com a agência de Administração de Segurança e Saúde Ocupacional (OSHA, na sigla em inglês) para desenvolver e implementar plano de proteção de doenças infecciosas em sete frigoríficos.

O acordo prevê a formação pela empresa de uma equipe de especialistas para desenvolver e implementar um plano de preparação para doenças infecciosas para proteção dos funcionários. A equipe deve incluir especialistas no assunto recomendados pela OSHA e pelo Sindicato dos Trabalhadores Comerciais e Alimentares, que representam os trabalhadores que atuam nas indústrias.

O acerto envolve quatro plantas da Swift Beef (no Colocado, Nebraska e Texas), uma unidade da Swift Pork (de Illinois), uma fábrica da JBS Souderton (na Pensilvânia) e uma unidade da JBS Green Bay (em Wisconsin). Após duas inspeções em abril e maio, a OSHA notificou as plantas da Swift Beef, de Greeley, e da JBS Green Bay, de Green Bay, por falhas na proteção dos trabalhadores contra os riscos da covid-19. As fábricas pagarão uma multa, dada pela OSHA, de US$ 14.502.

"Este acordo destina-se a garantir que, no futuro, medidas de proteção estejam em vigor para proteger os trabalhadores dessas instalações do COVID-19 e também de outras doenças infecciosas", disse a administradora regional da OSHA, Jennifer Rous, em Denver, em nota.

Sob o acordo, as subsidiárias e afiliadas da JBS terão de adotar um Manual de Trabalho Seguro atualizado para reduzir a exposição dos funcionários ao coronavírus, enquanto trabalham com especialistas terceirizados para avaliar os procedimentos operacionais das plantas e desenvolver o plano de preparação para doenças infecciosas.

Nos últimos dois anos, algumas fábricas da JBS Foods USA e de suas subsidiárias tiveram atividades interrompidas em virtude de surtos do coronavírus, que levaram à morte de funcionários.