PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Setor público tem superávit primário de R$ 38,876 bilhões em abril, diz BC

Brasília

31/05/2022 10h21

O setor público consolidado (Governo Central, Estados, municípios e estatais, com exceção de Petrobras e Eletrobras) apresentou superávit primário de R$ 38,876 bilhões em abril. O resultado, divulgado nesta terça-feira, 31, pelo Banco Central, representa o melhor resultado para o mês da série histórica do BC, iniciada em dezembro de 2001.

O número ficou acima da mediana (R$ 32,6 bilhões) das expectativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que estimavam de déficit R$ 15 bilhões a superávit de R$ 50,375 bilhões).

A divulgação das estatísticas fiscais do BC foi incluída como a atividade essencial durante a greve dos servidores da autarquia para atender a um dispositivo da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que determina que o governo deve enviar documento ao Congresso sobre o cumprimento das metas fiscais do primeiro quadrimestre até o fim de maio.

Acumulado do ano

As contas do setor público acumularam um superávit primário de R$ 148,493 bilhões no ano até abril, o equivalente a 4,74% do Produto Interno Bruto (PIB), informou o Banco Central.

O superávit fiscal no ano até abril ocorreu na esteira do saldo positivo de R$ 80,075 bilhões do Governo Central (2,55% do PIB). Os governos regionais (Estados e municípios) apresentaram um superávit de R$ 62,310 bilhões (1,99% do PIB) no período.

Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 51,653 bilhões, os municípios tiveram um saldo positivo de R$ 10,657 bilhões. As empresas estatais registraram um resultado positivo de R$ 6,108 bilhões no período.

Acumulado em 12 meses

As contas do setor público registraram superávit primário de R$ 137,379 bilhões em 12 meses até abril, informou o Banco Central. O resultado é equivalente a 1,52% do PIB.

As contas consolidadas estão no azul em 12 meses desde novembro de 2021. Até março, o resultado primário consolidado era superavitário em R$ 122,758 bilhões.

O superávit fiscal nos 12 meses encerrados em abril é composto por saldo positivo de R$ 3,352 bilhões do Governo Central (0,04% do PIB). Já os governos regionais apresentaram um superávit de R$ 126,637 bilhões (1,40% do PIB) em 12 meses até abril.

Enquanto os Estados registraram um superávit de R$100,773 bilhões, os municípios tiveram um saldo positivo de R$ 25,864 bilhões. As empresas estatais registraram um resultado positivo de R$ 7,390 bilhões no período.