IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Haddad: empresas estrangeiras querem produzir no País por matriz energética limpa

São Paulo e Brasília

15/02/2023 13h28

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse ter ouvido de empresas estrangeiras que há interesse em investir no Brasil, devido à matriz energética limpa. Para o ministro, essa é uma oportunidade de reindustrializar o País.

"Ouvi empresas em Davos dizendo o seguinte: 'nós estamos pensando em investir no Brasil por uma razão, queremos garantir que nosso produto seja produzido necessariamente com energia limpa, queremos certificar o nosso produto", afirmou Haddad em evento do BTG Pactual.

O ministro disse ter destacado uma equipe da Fazenda para apoiar os ministérios do Meio Ambiente, Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) e Planejamento, de forma a construir um plano para aproveitar essa dinâmica.

Ele acrescentou que o Brasil pode aproveitar os movimentos de near shoring e friendly shoring para se aproximar dos mercados dos Estados Unidos e Europa.

Segundo o ministro, as agendas da Fazenda estão concentradas nas partes fiscal, creditícia e regulatória, e esta última servirá para destravar investimentos no País. Ele repetiu que deseja avançar em várias medidas de crédito, em parceria com o Banco Central.