IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

IFF/Brooks: Real está depreciado considerando superávit crescente sustentado pela agricultura

São Paulo, 21

21/04/2023 14h29

O economista-chefe do Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês), Robin Brooks, reiterou nesta sexta-feira, 21, em seu perfil no Twitter que o real brasileiro está desvalorizado ante o dólar, tendo em vista que o superávit comercial do Brasil vem subindo sustentado por exportações de produtos agrícolas.

"O superávit comercial do Brasil vem crescendo. A razão para isso é uma mudança estrutural para superávits comerciais muito grandes e crescentes na agricultura. Há também um excedente de petróleo, mas é menor. O real brasileiro está desvalorizado!", afirmou Brooks na rede social.

Gráfico incluído na postagem mostra que, desde 2000 até 2023, a curva do superávit comercial da agricultura é crescente e se acentuou a partir de 2016. Já o superávit do setor de petróleo e lubrificantes começou a aumentar a partir de 2017, porém em menor escala. Outros setores da economia, não especificados, vêm registrando déficit comercial desde 2019, de acordo com o gráfico.