IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Ministro da Argentina se compromete a estabilizar câmbio e renegociar programa do FMI

Sergio Massa, ministro da Economia da Argentina - Bay Ismoyo/Pool via REUTERS
Sergio Massa, ministro da Economia da Argentina Imagem: Bay Ismoyo/Pool via REUTERS

André Marinho

Em São Paulo

25/04/2023 14h15Atualizada em 25/04/2023 15h18

Em meio à disparada do dólar e da inflação, o ministro da Economia da Argentina, Sergio Massa, assegurou hoje que o governo usará "todas as ferramentas de Estado" para equilibrar a situação no mercado de câmbio.

Massa informou ainda que discutirá ajustes no programa de reestruturação da dívida com o Fundo Monetário Internacional (FMI)

Em uma série de publicações no Twitter, o ministro descreveu um ambiente "atípico" de rumores e informações falsas sobre instrumentos financeiros ligados ao dólar.

Segundo ele, Buenos Aires pretende seguir com acordos multilaterais, a conversão do comércio com exportadores para o yuan e o pacote de desembolso com o FMI para fortalecer as reservas, diante do impacto negativo da seca.

"Vamos utilizar a Justiça Criminal econômica como veículo para investigação e esclarecimento de algumas condutas e a FIU agência de inteligência e a CNV regulador financeiro para análise de operações relacionadas à lavagem de dinheiro."