IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Haddad: se política monetária desacelerar economia, País terá problemas fiscais via arrecadação

Brasília

27/04/2023 12h04

Em meio ao apelo do governo para queda da taxa Selic, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou nesta quinta-feira, 27, em debate sobre juros no Congresso, que, caso a política monetária desacelere a economia, haverá problemas fiscais via arrecadação. "Se não integrarmos monetária e fiscal, teremos dificuldade em fazer o que economia precisa."

Haddad voltou a dizer que a gestão atual tem de tomar medidas difíceis e impopulares devido às ações populistas praticadas pelo governo Jair Bolsonaro às vésperas das eleições de 2022.

Segundo o ministro, o trabalho tem que ser a muitas mãos, com a política monetária e a fiscal se reforçando. Da mesma forma, a política prudencial. Nesse ponto, Haddad citou que vem recebendo diversos setores econômicos que tem relatado dificuldades diante dos juros elevados, desde santa casa, passando pelo varejo até companhias aéreas.