IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

IBC-Br sobe 2,87% no 1º bimestre e 3,08% em 12 meses, mostra Banco Central

Brasília

28/04/2023 10h06

A economia brasileira registrou expansão de 2,87% no primeiro bimestre de 2023, conforme o Índice de Atividade do Banco Central (IBC-Br). Em 12 meses, o crescimento é de 3,08%.

Em bases trimestrais, o IBC-Br registrou alta de 0,82% entre dezembro e fevereiro quando comparado com os três meses anteriores, (setembro a novembro), pela série ajustada sazonalmente.

Na comparação com o mesmo período de 2022, a elevação foi de 2,16% na série sem ajustes sazonais, informou o BC.

Revisões

O Banco Central revisou nesta sexta-feira dados de seu IBC-Br na margem, na série com ajuste. O IBC-Br de janeiro passou de -0,04% para -0,09%, enquanto o índice de dezembro foi ajustado de +0,47% para +0,74%.

Em novembro, o índice passou de -1,13% para -1,29%. Já o resultado de outubro sofreu revisão de -0,51% para -0,26%.

No caso de setembro, o desempenho foi atualizado de -0,33% para -0,24% e o índice de agosto passou de -1,51% para -1,45%.

Conhecido como uma espécie de "prévia do BC para o PIB", o IBC-Br serve mais precisamente como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses.