IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Fabricante de chips para inteligência artificial Nvidia já vale quase US$ 1 trilhão

Sede da empresa de chips Nvidia, em Santa Clara, na Califórnia (EUA) - Justin Sullivan/Getty Images North America/AFP
Sede da empresa de chips Nvidia, em Santa Clara, na Califórnia (EUA) Imagem: Justin Sullivan/Getty Images North America/AFP

27/05/2023 15h08

As ações da Nvidia, atualmente uma das empresas mais valiosas do mundo, dispararam na última semana, após a fabricante de chips prever um enorme salto na receita, num sinal de como o amplo uso da inteligência artificial pode remodelar drasticamente o setor de tecnologia.

A empresa sediada em Santa Clara, Califórnia, está próxima de se juntar ao clube exclusivo das empresas de US$ 1 trilhão, como Alphabet, Apple e Microsoft, depois que suas ações subiram mais de 24%.

Na quarta-feira, 24, a fabricante de chips para jogos e inteligência artificial anunciou um lucro trimestral de mais de US$ 2 bilhões e uma receita de US$ 7 bilhões, superando as expectativas de Wall Street.

Suas projeções de vendas de US$ 11 bilhões para este trimestre surpreenderam Wall Street. É um salto de 64% em relação ao ano anterior no mesmo período e bem acima dos US$ 7,2 bilhões previstos pelos analistas do setor.

Fabricantes de chips de todo o mundo foram impulsionados pela notícia. As ações da Taiwan Semiconductor subiram 3%, enquanto a SK Hynix, da Coreia do Sul, ganhou 6%. A ASML, com sede na Holanda, aumentou 5%.

Jensen Huang, fundador e CEO da Nvidia, afirmou que os data centers do mundo precisam passar por uma transformação devido à revolução que virá com a tecnologia de IA.

"O data center de US$ 1 trilhão do mundo é quase inteiramente povoado por unidades de processamento central (CPUs) hoje", disse Huang.

Os chips de IA são projetados para realizar tarefas de inteligência artificial de forma mais rápida e eficiente. Embora chips de propósito geral, como CPUs, também possam ser usados para tarefas de IA mais simples, eles estão "se tornando cada vez menos úteis à medida que a IA avança", observa um relatório de 2020 do Centro de Segurança e Tecnologia Emergente da Universidade de Georgetown.

Analistas afirmam que a Nvidia pode ser um exemplo antecipado de como a IA pode remodelar o setor de tecnologia. "Na noite passada, a Nvidia apresentou orientações incrivelmente robustas que serão ouvidas em todo o mundo e mostram a demanda histórica por IA que está acontecendo agora no mundo corporativo e no mercado consumidor", escreveu Dan Ives, da Wedbush. Fonte: Associated Press.