IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Para Tebet, BC já teria condições de reduzir juros a partir de agosto

Brasília e São Paulo

30/05/2023 13h01

A ministra do Planejamento, Simone Tebet, avaliou nesta terça-feira, 30, que diante das condições atuais o Banco Central já teria condições de reduzir a taxa básica de juros em agosto, citando um corte de 0,25 ponto porcentual. "Todos os fatores macroeconômicos internos, arcabouço, estimativa para PIB, desaceleração para inflação, tudo são fatores distintos dos que levaram de forma correta BC a elevar juros (no passado). Tínhamos crise institucional no Brasil, isso impactava na economia", disse Tebet, em live promovida pelo O Globo e Valor Econômico.

Apesar de responder que não seria "necessariamente um erro" o Banco Central decidir pela manutenção da taxa na reunião de junho, destacando ser a favor da autonomia da instituição, Tebet defendeu que não haveria justificativa para a autarquia não baixar a Selic no segundo semestre.

"Por isso ouso dizer que não há justificativa no semestre, em agosto, a não ser que fato relevante novo surja, de não pelo menos sinalizar uma queda de taxa de juros a médio prazo, por exemplo, já diminuindo em 0,25 na reunião do Copom de agosto deste ano", disse Tebet.

A ministra ainda pontuou que o BC está ligado à máquina pública e que seus comunicados têm impacto político.

Segundo ela, esse documento e a ata divulgada pela instituição são um passo "tão importante" quanto uma efetiva redução da taxa. "Estava fazendo aquela crítica, ora, se não dava para baixar juros, dava ao menos para sinalizar... Como depois na ata seguinte sinalizaram uma boa vontade técnica com equipe econômica e o governo", disse.