'O Rio está no caminho certo', diz governador do RJ após classificação AAA da Fitch

A reclassificação do Estado do Rio de Janeiro pela Fitch Ratings, para o mais alto grau de classificação AAA, mostra que o Rio está no caminho certo, disse em nota neste domingo (27) o governador fluminense, Cláudio Castro. A Fitch, uma das maiores agências de classificação de risco do mundo, fez uma recalibragem dos critérios da própria agência, que resultou na alteração da nota da União e, por consequência, das notas de alguns Estados, caso do Rio de Janeiro.

O Estado do Rio de Janeiro passou de "AA" para "AAA" na classificação de longo prazo da Fitch. O índice "AAA" é o mais alto da classificação de longo prazo, relativo às dívidas com prazos superiores a 12 meses. No início de agosto, a Fitch havia elevado a classificação de risco do Rio de "BB-, com perspectiva estável" para "BB, com perspectiva estável" em seu ranking anual. Não houve alteração nesse indicador.

"O Rio de Janeiro passa por um momento de reestruturação e, como exemplo, está o compromisso do nosso governo na gestão das finanças públicas. A nova classificação do Estado nos mostra que estamos no caminho certo", disse Castro.

"Um dos pontos destacados pela Fitch é o novo Regime de Recuperação Fiscal, que permite o pagamento da dívida com o Governo Federal e, ao mesmo tempo, a manutenção dos serviços públicos e o pagamento em dia dos salários dos servidores", informou o governo.

As notas de classificação de risco de crédito refletem a capacidade do Estado em honrar com os compromissos assumidos, servindo de referência quanto ao nível de risco envolvido em investimentos. Quanto mais elevado o resultado, melhor é a percepção do mercado quanto à saúde financeira do ente federativo e sua capacidade de pagamento da dívida.