Cooperativismo é pilar para acesso a serviços financeiros, afirma Campos Neto

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, ressaltou que o cooperativismo é um pilar democrático para o acesso a serviços financeiros. "Apoiar pessoas, impulsionar negócios, transformar comunidades são ações que vocês promovem todos os dias", disse durante a abertura, na manhã desta quinta-feira, 19, da 4ª edição do congresso digital do cooperativismo de crédito "CoopTalks Crédito", promovido pela MundoCoop, por meio de vídeo gravado na segunda-feira, 16.

Campos Neto defendeu que o mercado continue a se desenvolver para que novas oportunidades sejam encontradas. "O Banco Central tem sempre destacado os benefícios que o cooperativismo traz ao sistema financeiro e à sociedade em geral", disse, citando o aumento da inclusão financeira, a ampliação da concorrência e oferta de crédito a taxas de juros menores e o fomento ao crescimento socioeconômico regional.

O presidente destacou ainda que a expansão do segmento vem se dando a taxas mais robustas do que as observadas em outras modalidades. "O melhor é que esse crescimento vem acompanhado de uma evolução do setor em termos de governança, organização e eficiência."