Ibovespa dispara na volta do feriado com dados dos EUA e sobe 4,3% na semana

A leitura abaixo do previsto na geração de vagas de emprego nos Estados Unidos em outubro, pela manhã, reforçou o apetite por risco desde o exterior nesta sexta-feira, 3, com a percepção de que os dados contribuem para a possibilidade de uma pausa na elevação de juros do Federal Reserve, ou mesmo que já tenham atingido o topo do ciclo.

Assim, o Ibovespa, vindo do feriado de Finados, buscou se alinhar a dois dias de fortes ganhos em Nova York. Hoje, o índice da B3 subiu 2,70%, aos 118.159,97 pontos, bem mais próximo à máxima (118.501,80, +3%) do que à mínima (115.062,37), da abertura do dia. O giro subiu a R$ 26,2 bilhões nesta sexta-feira.

Nesta semana de transição entre outubro e novembro, o Ibovespa acumulou ganho de 4,29%, em alta pelo terceiro dia, vindo de leve avanço de 0,13% na semana anterior. Assim, o índice teve a melhor semana desde o intervalo de 10 a 14 de abril, quando havia subido 5,41%. Nas duas primeiras sessões de novembro, avança 4,18%, o que recoloca a alta do ano a 7,68%.

O nível de fechamento do Ibovespa nesta sexta-feira foi o maior desde 20 de setembro, então a 118.695,32. Em relação ao fechamento anterior, no dia 1º, o Ibovespa reconquistou perto de 3,4 mil pontos e, em porcentual, foi o maior avanço diário para o índice desde 5 de maio (2,91%).

"Foi um pregão muito positivo o de hoje, repercutindo eventos desde o fim da quarta-feira até a manhã de hoje. Os sinais do Fed na última quarta-feira foram recebidos em viés mais 'dovish', com o reconhecimento pela instituição de que as condições de crédito já estão restritivas com o avanço dos juros longos, e que o ciclo de aperto do BC americano está, muito provavelmente, perto do fim", diz Larissa Quaresma, analista da Empiricus Research.

Segundo ela, o viés do comunicado do Copom, na noite daquele mesmo dia, também pareceu em orientação mais suave. "E o payroll de hoje, com criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos bem abaixo do que se esperava para outubro, foi a cereja do bolo para essa nova alta do Ibovespa", diz.

A geração de vagas nos EUA ficou em 150 mil, ante expectativa a 180 mil, enquanto a taxa de desemprego subiu para 3,9% em outubro, ante expectativa a 3,8%. Na criação de vagas em outubro, houve forte desaceleração ante setembro (336 mil), o que contribuiu para firmar desde cedo a boa recuperação vista no Ibovespa, após o EWZ, principal ETF de Brasil em Nova York, ter subido ontem quase 3% durante o feriado na B3, aponta em nota a Guide Investimentos.

Reforçando o apetite por ações na B3 nesta sessão espremida entre o feriado e o fim de semana, "a curva de DI futuro veio junto, para baixo e em bloco, nesse movimento visto nos Treasuries", acrescenta Larissa, da Empiricus, destacando a forte recuperação, também, nas ações de menor liquidez, as chamadas "small caps".

"O efeito favorável do externo hoje sobrepujou as questões domésticas, o ruído sobre o fiscal, no momento em que se rediscute a meta de déficit zero para o ano que vem."

Este sinal, ruim, foi reforçado mais uma vez pelo presidente Lula em reunião hoje com ministros da área de infraestrutura, de que participou também o ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

No encontro, o presidente disse preferir dinheiro colocado em obras do que guardado na Fazenda - área que, conforme apontou Lula, considera que "dinheiro bom é dinheiro no Tesouro".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes