Procura por crédito nos EUA cai, enquanto rejeição de empréstimos aumenta, diz Fed/NY

A procura por crédito ao consumo caiu nos EUA em 2023, aponta a nova pesquisa sobre acesso a crédito do Federal Reserve (Fed) de Nova York. De acordo com o relatório, publicado nesta segunda-feira, 20, as taxas de aplicação de crédito se enfraqueceram e as taxas de rejeição em pedidos de crédito aumentaram ao longo deste ano.

De acordo com o Fed de Nova York, a proporção de entrevistados que provavelmente vão solicitar crédito nos próximos 12 meses caiu a 25,1% em outubro de 2023, contra 28,0% em outubro de 2022. Os resultados mostram que a diminuição foi impulsionada principalmente por quem tem pontuação de crédito entre 680 e 760, e entrevistados com 60 anos ou mais.

A pesquisa apontou também uma alta na fragilidade financeira das famílias americanas, com a probabilidade média de uma família obter 2 mil dólares para emergências caindo para 65,8%, contra 67,5% em 2022. Esta leitura é a mais baixa desde o início da série, em 2013.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes