Para BC alemão, efeitos das altas de juros ainda não se materializaram totalmente

O sistema financeiro da Alemanha tem lidado bem com a reversão nas taxas de juros até agora, mas os efeitos do aperto ainda não se materializaram de todo, avalia o Banco Central do país, em seu relatório Revisão da Estabilidade Financeira 2023, divulgado nesta quinta-feira, 23. O Bundesbank diz que o quadro macroeconômico é moldado pela reversão nos juros e pela maior incerteza, e também comenta que mudanças estruturais na economia também devem elevar o risco de crédito.

O quadro positivo nos balanços faz com que os bancos possam fortalecer sua base de capital e, com isso, a resiliência a efeitos adversos, afirma Claudia Buch, vice-presidente do BC alemão, na apresentação do relatório.

Mesmo em cenários adversos, as instituições financeiras devem ter níveis suficientes de capital e liquidez para absorver choques.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes