'Jamais o presidente Lula me pediu para baixar ou aumentar o preço de combustíveis', diz Prates

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, voltou a negar nesta sexta-feira, 24, que o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, tenha feito qualquer pedido de reduzir os preços dos combustíveis vendidos nas refinarias da companhia. "Jamais o presidente Lula me pediu para baixar ou aumentar o preço de combustíveis. Volta e meia ele (Lula) me liga para saber como está o mercado de petróleo, mas pedir para baixar preço, nunca", disse, ao ser questionado a respeito.

Prates falou a jornalistas em entrevista coletiva sobre o novo Plano Estratégico da Petrobras, em hotel na zona sul do Rio de Janeiro.

Nas últimas semanas, o ministro de Minas e Energia (MME), Alexandre Silveira, vem pressionando publicamente a Petrobras a baixar os preços em função da recente trajetória de baixa dos preços do petróleo no mercado internacional.

Prates acrescentou, ainda, que Lula sabe que qualquer pedido nessa linha fere a governança da companhia.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes