Petrobras não recomprará Refinaria de Mataripe, afirma Prates

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, disse nesta quarta-feira, 13, que a empresa não vai recomprar a Refinaria de Mataripe do grupo Mubadala, do Fundo Soberano de Abu Dhabi.

Ele disse que a Petrobras mantém conversas com o grupo privado para um "projeto maior", que envolve um memorando de entendimentos para um projeto ligado à produção de biocombustíveis no futuro.

Prates fez os comentários durante o leilão de áreas exploratórias para regime de concessão.

No mês passado, no fim da apresentação do plano estratégico da Petrobras para o quinquênio 2024-2028, Prates havia indicado que a recompra era sim uma possibilidade.

Nesta quarta, ao mesmo tempo em que negou tratativas do tipo com relação à Mataripe, Prates negou qualquer tentativa relacionada à Refinaria da Amazônia, comprada da Petrobras pelo Grupo Atem.

"Não há nada com a Refinaria da Amazônia. A Reman é da Atem. Assim como Mataripe é do Mubadala", disse Prates em tom definitivo.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes