Inflação dos Estados Unidos sobe 0,3% em janeiro

A inflação nos Estados Unidos subiu em janeiro na comparação com o mês anterior. Um relatório apresentado nesta terça-feira, 13, pelo Departamento do Trabalho dos EUA mostrou que o índice de preços ao consumidor aumentou 0,3% de dezembro para janeiro, ante um avanço de 0,2% no mês anterior.

Já na comparação com janeiro do ano passado, os preços subiram 3,1% - uma desaceleração em relação aos 3,4% registrados em dezembro e muito abaixo do pico de inflação de 9,1% em meados de 2022. No entanto, a leitura mais recente ainda está bem acima do nível da meta de 2% do Federal Reserve (banco central dos EUA), em um momento em que a frustração pública com a inflação se tornou uma questão fundamental na candidatura do presidente Joe Biden à reeleição.

Excluindo as categorias voláteis de alimentos e energia, os chamados preços básicos subiram 0,4% no mês passado, acima dos 0,3% registrados em dezembro e dos 3,9% registrados nos últimos 12 meses.

O núcleo da inflação é observado com especial atenção porque, em geral, oferece uma melhor leitura da provável direção dos preços. O valor anual é o mesmo que o registrado em dezembro.

As autoridades do governo Biden observam que a inflação despencou desde que as interrupções no fornecimento relacionadas à pandemia e a ajuda significativa do governo fizeram com que ela disparasse há três anos. E uma série de dados prospectivos sugere que a inflação continuará a esfriar.

Ainda assim, mesmo quando se aproxima da meta do Fed, muitos americanos continuam exasperados com o fato de que os preços médios ainda estão cerca de 19% mais altos do que estavam quando Biden assumiu o cargo.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes