Brasil tem aumento na entrada de turistas e bate recorde histórico em março, diz Embratur

O Brasil registrou, em março deste ano, 740.483 entradas de turistas de outros países, número recorde para o mês desde o início da série histórica em 1989, segundo a Embratur. Até então, o recorde havia sido registrado em março de 2018, quando 728.742 visitantes estrangeiros visitaram o País. Na comparação com o ano passado, quando 577.215 turistas estrangeiros estiveram no país em março, a evolução foi de 28,8%.

O registro de entradas de turistas é feito pela Embratur em parceria com o Ministério do Turismo e a Polícia Federal. Segundo a agência, os números indicam que sua estratégia de diversificação de destinos entre os países vizinhos da América do Sul está dando resultados.

A quantidade de uruguaios quase dobrou em relação a março de 2023: com 70.866 turistas, o país apresentou um crescimento porcentual de 94,9%. O Paraguai, com 39.007 entradas, teve alta de 93,3%. O Chile registrou 50.877 chegadas, um aumento de 45,6%, e a Argentina, 223.602 entradas, alta de 16,9%.

Dos países europeus, o maior crescimento foi de Portugal, que registrou 28.108 entradas, alta de 34,9%. Depois, vem a Alemanha, que registrou 25.668 ingressos no Brasil, aumento de 22,9%.

Os Estados Unidos tiveram 83.609 turistas no Brasil no mês, crescimento de 10,1%.

Trimestre

Somadas, as entradas no Brasil no primeiro trimestre de 2024 chegam a 2.530.526, número 9,8% maior do que em 2023, com 2.304.332 turistas. Este número fica atrás apenas do registrado em 2018, quando 2.664.613 visitantes de fora estiveram no país no primeiro trimestre.

Os países que lideram o ranking de origem dos turistas que mais visitaram o Brasil entre janeiro e março deste ano são Argentina, Chile, Estados Unidos, Paraguai e Uruguai.