Importações de aços planos crescem 50,5% e somam 242,2 mil t em abril, diz Inda

As importações de aços planos saltaram 50,5% em abril na comparação com o mesmo mês do ano passado, alcançando um volume de 242,280 mil toneladas. No acumulado de janeiro a abril, as importações somaram 827,332 mil toneladas, o que representa uma alta de 25,4% ante o mesmo intervalo de 2023.

Os dados são do Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda), o que mostra a manutenção no quadro de aumento da entrada de aço importado no Brasil.

Conforme aponta o Inda, a China é o principal fornecedor de aços planos ao Brasil, representando 75,5% do total de produtos que entraram no País, seguida pelo Japão (10,7%) e Venezuela (7,1%).

No mês de abril, a bobina laminada a quente foi um dos principais produtos importados, com a aquisição de 53,6 mil toneladas, o que representa um aumento de 92,1% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Em igual intervalo, as importações de laminados a frio somaram 28,3 mil toneladas, aumento de 8,3%. Outros produtos que registraram aumento no nível de importações no mês de abril foram galvalumes (+91,7%), chapas zincadas a quente (+77,5%) e zincados (+93,3%). O único material que apresentou recuo nas importações foi chapa grossa, com queda de 81,2%.

O setor de distribuição de aço também contabilizou aumento nas vendas. De acordo com os dados do Inda, o volume vendido foi de 332,1 mil toneladas em abril, o que representa um aumento de 10,3% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. O resultado ficou acima do projetado para o mês pela entidade, que esperava um volume de 326,3 mil toneladas comercializadas. Na comparação com março, há aumento de 7,2%. A expectativa do setor é que as vendas em maio fiquem em torno de 343,7 mil toneladas.

No acumulado dos quatro primeiros meses deste ano, o cálculo do Inda mostra que os distribuidores de aço venderam um total de 1,279 milhão de toneladas, o que representa uma pequena variação positiva de 0,2% ante igual intervalo de 2023. Contudo, o ano de 2024 mostra um comportamento mais volátil para o desempenho das vendas.

Com relação às compras realizadas pelo setor de distribuição, em abril foram adquiridas 345,7 mil toneladas de aços planos, valor 8,7% maior na comparação com o mesmo período do ano anterior e avanço de 13,4% ante março.

No acumulado, o total comprado pelos distribuidores de produtos siderúrgicos foi de 1,316 mil toneladas, número 3% maior ante as 1,277 mil toneladas adquiridos em igual intervalo de 2023.