Bolsas

Câmbio

Clientes não conseguem acessar dinheiro após liquidação da TOV

SÃO PAULO – Na semana passada, o Banco Central divulgou a liquidação extrajudicial da Tov Corretora e, desde então, os clientes da instituição financeira têm enfrentado problemas para encerrar suas posições abertas em bolsa. Além de relatos afirmando que a corretora e seu liquidante não atendem ligações de clientes, o investidor Cheilor Cardoso afirma que o seu dinheiro segue retido, sem que ele possa acessá-lo ou ainda liquidar operações.

Cardoso explica que não consegue mexer em seu dinheiro parado na corretora. Os investidores que têm seu dinheiro aplicado em ações ou títulos de renda fixa devem pedir a transferência da custódia para outra corretora, no entanto, o investidor não consegue nenhum contato com a Tov para poder resolver o problema.

O investidor ainda relata que, até agora, não teve nenhuma resposta sobre suas aplicações em CDB (Certificado de Depósito Bancário), fundo de investimento da Tov e saldo em conta, sobre quando será possível resgatar essa quantia.

Sobre o dinheiro que tinha parado na corretora, a quantia de até R$ 120 mil é garantida pelo MRP (Mecanismo de Ressarcimento de Prejuízos) da bolsa. No entanto, Cardoso ainda não acionou o mecanismo e alega dificuldade de comunicação com a bolsa. Vale reforçar que os clientes tem até 18 meses após a data que tenha sido gerado o prejuízo para requisitar reembolso do MRP.  O prazo para o processo administrativo instaurado com base em reclamação dirigida por investidor ao MRP seja julgado é de, no máximo, 120 dias.

Cardoso ainda afirma que já entrou em contato também com o Banco Central e com a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e até agora não recebeu informações precisas quanto à liberação do capital dos investidores. A CVM e o Banco Central não deram respostas ainda, enquanto a bolsa recomendou contatar a corretora. "Vocês sabem o que representa para um Trader posições em aberto sem contato com corretora em posições em dólar e índice futuro?", questiona o investidor.

Ele ainda afirma que foi criado um grupo de clientes da corretora após a liquidação extrajudicial e que, até agora, todos os membros estão sem resposta sobre quando receberão seu capital de volta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos