Topo

Bradesco BBI corta indicação e preço-alvo de papel; cenário "pobre" é justificativa

01/02/2016 10h49

SÃO PAULO – A equipe de análise do Bradesco BBI divulgou relatório em que rebaixa os papéis da Restoque (LLIS3) para o patamar neutro e corta o preço-alvo de R$ 10,50 para R$ 3,00. O novo preço-alvo ainda embute um potencial de valorização de 32,74% em relação ao fechamento do dia 27 de janeiro de 2016.

Os analistas cortaram suas estimativas por causa do cenário “pobre” para vendas e margens da companhia. Segundo eles, o curto prazo não parece promissor para a empresa e existe a expectativa de que a companhia divulgue resultados referentes ao quarto trimestre de 2015 fracos.

Além disso, a piora no cenário de vendas da empresa ainda levanta preocupações sobre sua alavancagem. De acordo com a instituição financeira, os resultados mais fracos da empresa e o atual cenário macroeconômico fizeram com que sua alavancagem piorasse rapidamente, enquanto sua atual posição de caixa cobre apenas 38% da dívida de curto prazo.

Para os analistas, o papel está sendo negociado a um prêmio em relação a seus pares globais que não é considerado razoável, levando em consideração os desafios que a empresa terá nos próximos trimestres e os problemas para o varejo de roupas no Brasil em relação ao cenário econômico.

Mais Economia