Bolsas

Câmbio

Queda da Petrobras em janeiro é a pior desde o subprime e a 8ª maior em 30 anos

SÃO PAULO - O Ibovespa fechou o primeiro mês de 2016 com queda de 6,79%, o que representa o sétimo pior resultado para janeiro do índice, segundo levantamento da consultoria Economatica. De acordo com a pesquisa, não havia um registro de um resultado tão baixo desde 2014, quando o índice teve queda de 7,51%.

Das 61 empresas que fazem parte do índice, 44 tiveram desvalorização no mês, sendo que a Rumo (RUMO3) foi a de pior desempenho, com queda de 69,71%, seguida pela Usiminas (USIM5), que teve perdas de 45,16% em janeiro.

Porém, o destaque ficou com a Petrobras (PETR3; PETR4), que caiu 27,76%, na oitava maior desvalorização mensal da estatal desde fevereiro de 1986.  De acordo com a consultoria, não se registrava uma desvalorização tão acentuada do papel da petrolífera desde outubro de 2008, quando houve uma queda de 33,59% dos papéis.

Enquanto isso, apenas 16 ações tiveram valorização em janeiro, com a Raia Drogasil (RADL3) tendo o melhor desempenho ao subir 16,91%, seguida pela Sabesp (SBSP3), com 12,63%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos