Bolsas

Câmbio

10 coisas que separam pessoas medianas de líderes

SÃO PAULO – Ainda que não almeje ser presidente ou CEO de uma companhia, o profissional que não tiver características de liderança tende a ser esquecido no mercado de trabalho, principalmente em períodos de instabilidade e crise econômica.

Ao mesmo tempo, nem sempre aqueles que ocupam posições de chefia, como empresários, de fato podem ser considerados bons líderes, de acordo com João Roncati, diretor da empresa People + Strategy, consultoria brasileira que atende líderes de grandes empresas como Bradesco, Santander, Minerva Foods, entre outros.

Para ele, as pessoas que possuem perfis de liderança possuem algumas características importantes, muitas das quais são vistas não apenas no trabalho, mas em todas as atividades do dia a dia. Confira a seguir os 10 principais traços de ação e personalidade de pessoas que são verdadeiros líderes.

1. Ser visionário

"Um cara ligado ao passado não consegue liderar", explica o especialista. "Para ser um líder, é necessário sempre pensar um passo a frente, onde quer chegar, nunca parar onde está, é isso o que motiva as pessoas a trabalhar por esses objetivos".

Conforto e visão de presente não fazem parte da personalidade de bons líderes.

2. Gostar de inspirar

Tanto na carreira quanto em outros aspectos de liderança – religioso ou de movimentos sociais, por exemplo – uma pessoa não consegue liderar se não se sentir bem inspirando outras.

É necessário mostrar características inspiradoras que outras pessoas admirem, caso contrário não haverá poder mobilizador de grupos, comenta João.

3. Enxergar características da equipe...

Um verdadeiro líder sabe identificar competências para formar uma equipe complementar, explica o porta-voz. "É preciso estar disposto a reconhecer nas pessoas a capacidade que elas têm de traçar o caminho entre a realidade atual e os sonhos e objetivos que você planeja".

Uma equipe deve sempre possuir o máximo de diversidade de características possível, destaca. "Pessoas trabalhando juntas nem sempre formam uma equipe, essa gestão de fluxo de trabalho é papel do líder".

4. ... E manter uma boa equipe

Motivar os talentos é essencial para manter uma equipe de qualidade. "O cara que for bom vai querer liderar também. Se não houver espaço para ele trabalhar, ele vai buscar outras oportunidades no mercado, e as outras empresas também irão atrás de quem for bom", comenta.

5. Saber valorizar o indivíduo

Parte da motivação da equipe vem de uma atenção personalizada, explica João. Ela passa por compreender questões pessoais e relativas ao ambiente de trabalho, notar mudanças comportamentais e demonstrar a importância de cada um dentro do escopo de suas funções.

"Em momentos de dificuldade, é importante que o funcionário se sinta confortável para se abrir também sobre questões pessoais com seu líder. Se o rendimento de alguém caiu, pergunte: pode ser que algo esteja errado com a saúde de alguém, ou que a esposa do funcionário tenha perdido o emprego. Sempre demonstre interesse por tudo isso", comenta.

6. Demonstrar qualidades e defeitos

Isso vale tanto para si próprio quanto para a equipe.

Um bom líder, além de conversar com seu time sobre as características fortes e fracas de cada um dos membros, também deve ser capaz de reconhecer e assumir os próprios erros abertamente. "Caso falhe, o pior cenário possível para o líder é esconder, porque mata a confiança", explica João. "Saiba assumir onde falhou, onde não é especialista, e peça ajuda quando necessário e possível", completa ele.

Os melhores líderes são os que se demonstram humanos, já que essa é a melhor maneira de inspirar.

7. Informar-se sobre tudo

No dia a dia, é importante estar por dentro do que acontece, não só na sua área de atuação, mas em todas as outras.

"Não estou dizendo para estudar o tempo todo, mas a equipe percebe se um líder não sabe o que está acontecendo no mercado, e sente que o negócio vai falhar", garante o diretor. "Ninguém quer estar em uma empresa que vai quebrar".

Vale tanto para pautas específicas de seus negócios quanto para o geral: esteja por dentro do micro e do macro para saber gerenciar e inspirar liderança.

8. Cuidar de si próprio

"É preciso muita energia para ser um bom líder, e quem não cuida da própria saúde pode acabar falhando", explica João, que comenta que boa parte dos líderes que conhece se alimenta bem e mantem uma rotina favorável à saúde, "ainda que tenha aqueles que não se cuidam, que sentem mais dificuldades".

9. Manter boas relações e gostar de pessoas

Uma rede de relacionamentos não é importante só para quem busca oportunidades. "Entender os outros mercados é fundamental e, para isso, o melhor é manter boas relações com outros líderes", comenta. Mantenha contato constante, "não apenas virtual", alerta.

Também é essencial gostar, de fato, de pessoas. "Só é possível liderar se você gosta de se relacionar com os outros. Caso contrário, sua equipe nunca funcionará".

10. Formar sucessores

"Setenta e cinco por cento dos bons líderes não conseguem formar bons sucessores", cita João, que considera isso um erro. "Se eu formo um cara para ser meu sucessor, ele incomoda outras pessoas, o que acaba prejudicando a equipe como um todo. Por outro lado, quando o profissional é bom, chega uma hora em que ele fica impaciente", explica. O segredo é permitir que as pessoas que se destacam realizem o que desejam: "as pessoas boas sabem que são boas e sentem necessidade de realizar algo", completa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos