Bolsas

Câmbio

Jovem que viajou para 187 países conta onde investe e o que fazer em tempos de crise

SÃO PAULO – Johnny Ward não é uma pessoa comum, definitivamente. Com apenas 28 anos, ele já visitou 187 países e está perto de concluir seu objetivo: conhecer todos os países do mundo. Sua jornada começou em 2006, quando saiu de seu país natal, a Irlanda do Norte, para ir para a Tailândia dar aulas de inglês. Desde então, conseguiu juntar uma bela quantia de dinheiro com empresas de mídia digital e, assim, financia seu sonho.

Entre os negócios de Johnny, se incluem seu blog, que conta com cerca de três milhões de acessos por ano, sua empresa de mídia digital, que cuida de companhias, blogs, mídias sociais e SEO (Search Engine Optimization) e sua nova startup, a Find a Tutor, que é seu grande plano atualmente. Ele ainda toma conta de uma página no Facebook com mais de 72 mil seguidores.

Em entrevista exclusiva ao InfoMoney, Johnny conta como se sente chegando ao fim de sua meta, seus próximos planos, onde investe e o que acha que os brasileiros devem fazer em momentos de turbulência econômica como o atual.

InfoMoney: Como se sente após visitar quase todos os países do mundo?

Johnny Ward: É muito bom. Levou aproximadamente dez anos. Algumas vezes eu ouço falar de pessoas que terminaram "a mesma" viagem, mas passaram menos de uma tarde em mais da metade dos países, ou incluíram conexões em aeroportos. Assim, estou me sentindo muito orgulhoso em fazer isso "apropriadamente". Mas ainda faltam dez países. Não terminei ainda.

IM: E como você se prepara financeiramente para os próximos anos?

JW: Com novos negócios online. Acabamos de lançar uma nova startup de educação chamada Find A Tutor, uma plataforma de busca onde as pessoas podem achar os melhores tutores particulares. Sonho que esse será o nosso próximo grande plano. Isso deve me deixar ocupado pelos próximos dois anos.

IM: E como você lida com seu dinheiro? Onde investe? Tem algum conselho sobre esse tema?

JW: Eu investi em um imóvel em Londres e estou tentando achar um segundo no momento. Também comprei um apartamento em Bangkok, Tailândia, e com a apreciação de capital dessas propriedades, consegui uma conta de seis dígitos, em Libras Esterlinas. Fora isso, tenho mais seis dígitos investidos em um fundo de alto risco que, no momento, não está indo tão bem por causa do cenário macroeconômico.

IM: O Brasil está em uma crise no momento. O que você recomenda para as pessoas fazerem com o dinheiro em tempos assim?

JW: Agora é a hora de tomar risco. O custo de oportunidade é muito menor, se você tem sonhos, siga-os agora. Comece algo, viagem, trabalhe online. Esse é o seu momento.

IM: O que recomenda para quem quer viajar muito, como você?

JW: Eu recomendo montar um blog, isso mudou minha vida. Quem quiser, pode me contatar também, gosto de ajudar. O pior cenário possível é ter grandes memórias de viagens, o melhor caso é ter hotéis de graça, voos um novo negócio.

IM: Qual país mais te marcou? Por quê?

JW: Tailândia. Eu amei esse país quando estava quebrado, sem dinheiro. Agora que estou mais financeiramente livre, é onde eu escolho passar uma grande parte de meu tempo livre.

Leia também:

Baixe um pacote de planilhas financeiras gratuitas

Quer saber se você está investindo bem? Faça uma simulação

Descubra qual é a aplicação financeira de risco baixo mais rentável

Milhões de brasileiros investem errado em previdência; é o seu caso?

Imóvel é sempre bom negócio? Teste mostra que alugar é melhor

Seu carro facilmente lhe custa R$ 2.500 por mês. Duvida?

Qual é o melhor CDB: pré, pós ou indexado à inflação? Planilha mostra

Planeja investir no Tesouro Direto? Ebook gratuito mostra o caminho

Quanto custa realizar cada um de seus sonhos? Descubra

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos