Bolsas

Câmbio

Governo quer elevar IOF na compra de dólar em espécie para 3%, diz Estadão

SÃO PAULO – Depois de elevar de 0,38% para 1,1% o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para compra de dólar em espécie, o governo pretende continuar com o movimento até chegar a 3%, gradualmente. A informação é do Estadão.

O IOF provavelmente foi escolhido por Dilma por ser um imposto que não incide imediatamente sobre as pessoas de baixa renda, que não costumam comprar moeda estrangeira. A medida deve aumentar a arrecadação do Tesouro em 2016 para R$ 1,6 bilhão em 2016 e R$ 2,3 bilhões por ano.

Ainda de acordo com o Estadão, o aumento gradual foi escolhido porque o governo tem a intenção de avaliar impactos e evitar a compra e venda ilegal por doleiros no mercado negro de moedas.

Atualmente, a alíquota para quem faz compras com cartão de crédito ou débito em outras moedas é de 6,38%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos