PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

C&A contrata bancos para IPO no Brasil buscando levantar R$ 2 bilhões

23/08/2019 10h44

A rede de lojas de vestuário C&A está em fase inicial para realizar a abertura de capital no Brasil. Para isso, a marca holandesa teria contratado bancos para comandar a operação no país, que pode acontecer ainda neste ano. As informações são da edição desta sexta-feira da Coluna do Broad, do jornal O Estado de S.Paulo.

Já o Valor Econômico informa que a rede já contratou o sindicado de bancos, que seria formado por Morgan Stanley (NYSE:MS), Bradesco BBI, BTG Pactual (SA:BPAC11), Citi, XP Investimentos e Santander (SA:SANB11). O objetivo é conseguir levantar R$ 2 bilhões com a operação.

Caso a história se conforme, a rede irá se unir as concorrentes Riachuelo (SA:GUAR3) e Lojas Renner (SA:LREN3), que também já possuem ações negociadas na bolsa, como também é o caso da Lojas Marisa (SA:AMAR3).

Controlada pela Cofra Holding, com sede na Suíça, a C&A atua no mercado nacional há mais de 40 anos, contando com mais de 280 lojas. De acordo com a publicação, a varejista tem um faturamento estimando no país de R$ 5 bilhões ao ano.

A coluna lembra também que não é a primeira vez que a marca dá sinais de a em busca de investidores. No passado, a C&A chegou a sondar fundos de private equity, como o Advent.