PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

BCE mantém taxa de juros em 0% e muda sinalização de política monetária

12/09/2019 09h11

O Banco Central Europeu (BCE) seguiu as expectativas do analistas de mercado e anunciou a manutenção da taxa de juros em 0%, após reunião de política monetária realizada nesta quinta-feira (12). Os dirigentes da instituição, sob o comando de Mario Draghi, decidiram pela mudança de sinalização de política monetária, anunciando a retomada do programa de títulos de dívida soberana por quanto tempo for necessário.

A retomada da compra de ativos é a resposta da autoridade monetária ante o cenário de desaceleração econômica pelo qual passa a zona do euro, com risco de a situação se deteriorar para um ambiente de recessão, como indica os dados econômicos recentes da principal economia da região, a Alemanha.

O BCE também anunciou, após a reunião, outras medidas para estimular a economia. A taxa de depósito foi reduzida em 10 pontos-base, para -0,5%, e foi seguida do anúncio de introdução de um regime para poupar os bancos da dor de taxas negativas.

Veja abaixo o resumo das principais decisões:

- Taxa de depósito cortada de -0,4% para -0,5%; primeiro corte desde março de 2016;

- Taxa de refinanciamento principal inalterada em 0%;

- Preços do TLTRO devem ser vinculados à taxa de depósito de bancos que atendem aos critérios de empréstimo;

- As compras de títulos começam em novembro a uma taxa de 20 bilhões de euros (US$ 22 bilhões) por mês e duram "pelo tempo necessário".

Além disso, o BCE disse que mantém compromisso com meta simétrica de inflação.

Após a decisão, o euro anulou a alta ante o dólar americano. A moeda do bloco europeu era negociada US$ 1,0957, baixa de 0,45%. Antes da decisão, o euro era negociado a US$ 1,1023.

Já o rendimento dos títulos de 10 anos da Alemanha aprofundaram a queda, saindo de um retorno negativo de 0,59% para -0,642%, assim como o yield do bond da Itália de mesmo prazo, que operava com ganhos de 0,99% e passou um rendimento de 0,798%.