PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

MRV avança mais de 4% com interrupção de investimento na americana AHS

17/09/2019 12h39

A decisão da MRV Engenharia (SA:MRVE3) de interromper o processo para investir na norte-americana AHS, alegando que primeiro vai ouvir os acionistas a respeito da controversa proposta anunciada no início do mês, foi bem recebida pelo mercado nesta terça-feira, puxando a valorização do ativo.

Por volta das 12h38, os papéis da construtora mineira somavam 4,77% a R$ 18,24, depois de acumular queda de mais de 8% desde o início do investimento.

Em fato relevante, a companhia reafirmou recomendação favorável à proposta anunciada no começo do mês, que envolve investir de US$ 220 milhões a US$ 255 milhões para comprar 50,01% do capital votante da AHS, controlada pela família Menin, a mesma dona da própria MRV (SA:MRVE3).

Na época, analistas de mercado avaliaram que a aquisição poderia ajudar a MRV (SA:MRVE3) a diversificar operações para além do segmento Minha Casa Minha Vida, mas que não havia sinais de sinergias claras. Observaram também que o negócio poderia lançar dúvidas sobre os padrões de governança da MRV, pois trata de transação com partes relacionadas.

No documento divulgado ontem, a MRV (SA:MRVE3) disse que interrompeu a avaliação da proposta para ouvir acionistas sobre medidas de governança, sugestões de práticas para assegurar alinhamento de interesses dos donos das companhias, parâmetros sobre investimentos necessários para financiar plano de negócios da AHS, e as condições para potencial venda de fatia do atual dono da AHS.

Na visão da Mirae Asset, a notícia é positiva e deve ser bem recebida pelos investidores, pois ajuda a esclarecer dúvida e fortalece o processo de governança da empresa. A corretora recomenda a compra do ativo, vendo preço justo em R$ 20,86, um upside de 19,8%,