PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

FOCUS: Mercado reduz projeção da Selic e eleva previsão do dólar no fim de 2019

30/09/2019 08h55

O Banco Central (BC) divulgou nesta segunda-feira (30) mais uma edição do relatório Focus com projeções de analistas de mercado sobre as principais variáveis macroeconômicas da economia brasileira. Após os dados e informações divulgados na última semana, como a ata do Copom e o IPCA-15, o mercado reavaliou a previsão da taxa Selic no fim do ano para 4,75% e não mais 5% como o esperado nos últimos levantamentos. Para o ano que vem, a aposta segue inalterada em 5,00%.

Em relação a expectativa do IPCA para o fechamento do atual calendário, houve uma nova redução, de 3,44% para 3,43%. A projeção fica abaixo do centro da meta de inflação de 4,25% e dentro do intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual.

Há quatro semanas a aposta era de 3,59%. Para 2020, a estimativa dos analistas é que o índice oficial de inflação encerre o período em 3,79%, abaixo o que havia sido estimado na semana passada que era de 3,80%, ficando ligeiramente inferior ao centro da meta de 4% estabelecido para o ano que vem.

A queda da previsão da inflação não deve ser influenciada pela taxa de câmbio, segundo os analistas. De acordo com o Focus, o dólar deve fechar o ano a R$ 4,00, o que representa uma alta em relação à projeção da semana passada, que era de R$ 3,95. Para o encerramento de 2020, a aposta foi de R$ 3,90 para R$ 3,91. O aumento das previsões do preço da moeda americana em relação à brasileira é influenciada pela cotação acima de R$ 4,00 que ocorre desde meados de agosto, mais especificamente entre o intervalo de R$ 4,00 e R$ 4,18. Desde 17 de setembro, o dólar não fecha um pregão abaixo de R$ 4,10.

O principal determinante para o contínuo descenso das projeções inflacionárias é a manutenção de um ambiente de crescimento econômico fraco. As estimativas para o PIB em 2019 ficaram inalteradas em 0,87%, sendo que quatro semanas atrás também era de 0,87%. Para 2020, houve manutenção nas projeções em 2,00%