Bolsas

Câmbio

Droga antiviral de amplo espectro HSRx 431? comprova eficácia contra vírus da zika

HSRx Biopharmaceutical

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

TUCSON, Arizona, 6 de setembro de 2016 /PRNewswire/ -- A HSRx Biopharmaceutical, desenvolvedora líder de drogas conjuntas polifuncionais para condições de enfermidades infecciosas e crônicas relacionadas à idade, confirmou que seu candidato a novo fármaco antiviral de amplo espectro administrado oralmente, o HSRx 431™, é eficaz contra o vírus da zika. Espera-se que o HSRx comece a ser testados em seres humanos no princípio de 2017 e buscará uma aprovação rápida como fármaco da U.S. Food & Drug Administration.

Foto - http://photos.prnewswire.com/prnh/20160905/404133

Logo - http://photos.prnewswire.com/prnh/20160905/404112LOGO

Estudos de triagem conduzidor pela SRI International em suas instalações em Shenandoah Valley, confirmaram a eficácia do HSRx 431 contra o vírus da zika. Estudos realizados anteriormente in vivo demonstraram a segurança e eficácia do candidato à fármaco contra infeções de dengue e chikungunya. Estudos adicionais sobre o HSRx 431 para a zika serão realizados em paralelo pela SRI International. Ao mesmo tempo, o desenvolvimento de protocolos clínicos e o registro da FDA serão concluídos para exames de zika com segurança em seres humanos.

A doença do vírus da zika, para a qual a Organização Mundial de Saúde relata não haver vacina ou tratamento com fármacos, é transmitida primariamente pelos mosquitos Aedes aegypti, que estão presentes nas Américas, África, Caribe, Ásia e no Pacífico. A Flórida, com centenas de casos de Zika , e Porto Rico, com 5.000, são especialmente vulneráveis. Os Centros de Controle de Doenças (CDC, Centers for Disease Control) dos EUA alertam que o mosquito Aedes está presente em uns 30 estados, e Anthony Fauci, médico e diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID, National Institute of Allergy and Infectious Diseases) dos EUA, acrescentou que se estima que 25% da população de 3,55 milhões de Porto Rico contraia o vírus da zika no próximo ano.

Dr. Fauci e David M. Morens, médico e consultor científico sênior da NIAID, escreveram no New England Journal of Medicine : "Com relação ao tratamento, as pandemias de arbovírus sugerem que uma abordagem de um-inseto-um-fármaco seja inadequada; os fármacos antivirais de amplo espectro eficazes contra todas as classes de vírus são urgentemente necessárias."

Joshua Costin, diretor de biologia da HSRx, Ph.D e virologista, declarou que o HSRx 431 está projetado para satisfazer a essa necessidade que, acrescenta ele, "é oportuno por um motivo adicional: Qualquer aprovação de vacina para a zika pode ser complicada e atrasada se novas descobertas de pesquisa sobre a conexão do vírus zika/dengue forem comprovadas." Dr. Fauci declarou: "Se tudo der certo, teremos uma vacina, no máximo, em algum momento em 2018."

Os anticorpos gerados pela infecção geralmente proporcionam imunidade contra infecção subsequente, mas o realce dependente de anticorpos (ADE, antibody dependent enhancement), relatado como teoria pela primeira vez por Scott Halstead, médico, uma importante autoridade em disseminação de vírus por mosquitos, permite que o vírus da dengue transmita infecções ininterruptas nas quais os anticorpos podem, de fato, ampliar a gravidade da doença. Uma pesquisa concluída recentemente mostra que o soro sanguíneo de seres humanos contendo anticorpos da dengue aprimora a infecção da zika 200 vezes mais. O CDC alerta que mais de um terço da população mundial vive em áreas em risco de dengue, e outras 400 milhões de pessoas são infectadas anualmente. A dengue é uma endemia em Porto Rico, América Latina, sudeste da Ásia, nas ilhas do Pacífico, nas ilhas do Caribe e, como a zika, espera-se que logo cause uma infecção generalizada nos EUA.

Thomas Sullivan, Jr., CEO da HSRx, explicou: "Nós patenteamos o HSRx 431 sozinho e em conjunto com o Oseltamivir (Tamiflu™) e outros antivirais, permitindo que ele se torne um fármaco antiviral de amplo espectro favorito para o tratamento e prevenção prévia de uma ampla variedade de infecções virais, incluindo a zika, dengue, chikungunya e gripe, sem a necessidade de identificar o agente causador. A CDC alerta que "milhões de pessoas estão enfermas, centenas de milhares estão hospitalizadas e dezenas de milhares de pessoas morrem de gripe a cada ano nos EUA. A união do HSRx 431 com o Oseltamivir vai produzir um fármaco antiviral de amplo espectro globalmente necessária e transmitida oralmente com longo tempo de prateleira e longa vida de patente."

Sobre a HSRx Biopharmaceutical

A HSRx Biopharmaceutical é uma empresa biofarmacêutica com sede no Arizona que é líder no desenvolvimento de produtos farmacêuticos polifuncionais, um novo avanço em terapias de tratamento com fármacos. Os fármacos combinados da HSRx visam e envolvem múltiplos alvos moleculares dentro do corpo humano, que sabidamente estão envolvidos em uma condição de enfermidade - um avanço que, em contraste à atual estratégia de terapia de tratamento com fármacos de um único tratamento com molécula única, trata toda a doença como um todo, e não simplesmente um sintoma único da doença. A HSRx utiliza uma tecnologia própria para identificar e capturar os fitonutrientes polifuncionais que combatem doenças em alimentos de status GRAS, e combina esses compostos próprios com fármacos genéricos aprovados pela FDA a fim de criar novos fármacos combinados e eficazes com longa vida de patente. Em estudos clínicos comparando a segurança e a eficácia de fármacos combinados da HSRx com atuais tratamentos de fármacos genéricos importantes, os fármacos combinados da HSRx demonstram eficácia superior e menos efeitos colaterais relatados. Mais informações em HSRxBiopharmaceutical.com .

Contato:

Matt Russell

Russell Public Communications

(520) 232-9840

mrussell@russellpublic.com

 

FONTE HSRx Biopharmaceutical

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos