Bolsas

Câmbio

São aceitas inscrições para o Prêmio TRACE 2017 de Reportagem Investigativa - Revelando Subornos Comerciais

TRACE International

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

ANNAPOLIS, Maryland, 27 de outubro de 2016 /PRNewswire/ -- TRACE International , a organização sem fins lucrativos contra subornos nos negócios começou a aceitar inscrições para seu Prêmio de Jornalismo Investigativo anual. O prêmio reconhece reportagens que mostram a corrupção nos negócios com o objetivo de aumentar a transparência comercial

Os indicados podem ser jornalistas de meios impressos, audiovisuais ou online de qualquer país que investigaram esquemas de subornos, atividades de negócios que criaram sérios conflitos de interesse ou condutas parecidas. As reportagens devem ter sido publicadas durante o ano de 2016 para serem consideradas. É permitido que um autor se inscreva várias vezes, assim como inscrições de equipe de jornalistas.  

"Vimos exemplos realmente sem precedentes de jornalismo investigativo em 2016 que expuseram a corrupção", afirmou Alexandra Wrage, presidente da TRACE. "Estamos ansiosos para receber as inscrições desse ano e premiar os jornalistas que fazem esse importante trabalho".

Um painel de juízes independentes vai revisar as inscrições e selecionar até dois vencedores. Cada vencedor vai receber um prêmio em dinheiro de 10.000 dólares e o repórter será convidado à cerimônia de entrega dos prêmios organizada pela TRACE no meio de 2017.

"Corrupção é um vírus global e a batalha contra ela também deve ser", afirmou a escritora Diana Henriques, voltando ao painel de juízes pelo segundo ano. "O prêmio TRACE reconhece e encoraja o jornalismo corajoso e meticuloso que é parte dessa luta, onde encontrar uma voz".

Os juízes de 2017 são:

William Gumede, Professor Associado, Escola de Governança, Universidade de Witwatersrand, Joanesburgo; Fundador e Presidente da Fundação Democracy Works.

Diana Henriques, Jornalista e autora na área de finanças, ex-jornalista no The New York Times.

Rosebell Kagumire, Multimídia, escritora e estrategista de comunicação digital, oradora e blogueira premiada de Kampala, Uganda.

Dan Klaidman, Vice-Editor, Yahoo News.

Peter Klein, Diretor Executivo do Global Reporting Centre.

Donatella Lorch, Repórter freelance, já trabalhou no The New York Times, NBC News e Newsweek, atualmente mora em Ancara, Turquia.

Jorge Luis Sierra, Knight International Journalism Fellow.

Os vencedores do prêmio inaugural de 2016 foram o Organized Crime and Corruption Reporting Project (OCCRP) junto com o programa Uppdrag Granskning (Missão Investigar) da Televisão Sueca e a TT News Agency da Suécia, pela investigação sobre um complexo escândalo da indústria de telecomunicações no Azerbaijão, e The Wall Street Journal , por sua reportagem sobre a vasta rede de corrupção sobre o fundo 1MDB da Malásia.

O Prêmio ao Jornalismo Investigativo é uma das muitas iniciativas da TRACE que apoia sua missão de aumentar a transparência comercial no mundo todo. Para mais informações ou para se inscrever, visite www.traceinternational.org/investigative-reporting . A data final de inscrição é 31 de janeiro de 2017. 

Sobre a TRACE 

TRACE International e TRACE Incorporated são duas entidades diferentes com a missão comum de aumentar a transparência comercial no mundo através do apoio aos esforços de conformidade das empresas multinacionais e seus intermediários terceirizados. TRACE International é uma associação empresarial sem fins lucrativos que reúne recursos para fornecer aos membros apoio de conformidade anti-suborno enquanto TRACE Incorporated oferece a membros e não membros diligência devida personalizada baseada em riscos, treinamento contra suborno e serviços de assessoria. Trabalhando lado a lado, TRACE International e TRACE Incorporated oferecem soluções ponto a ponto, eficientes em termos de custo e inovadoras contra subornos e conformidade de terceiros. Para mais informações, visite www.TRACEinternational.org .

FONTE TRACE International

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos