Bolsas

Câmbio

Airborne Wireless Network assina memorando de entendimento com a ViaLight, desmembramento do Centro Aeroespacial Alemão, relacionado à maximização da velocidade de dados para redes

Airborne Wireless Network

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

LOS ANGELES, 13 de março de 2017 /PRNewswire/ -- A Airborne Wireless Network (OTCQB: ABWN) (a "Empresa"), tem o prazer de anunciar que firmou um memorando de entendimento ("MOU" -- Memorandum of Understanding) com a ViaLight, desmembramento do Centro Aeroespacial Alemão (DLR). De acordo com o memorando de entendimento, as duas empresas irão explorar a integração de um sistema de comunicações baseado em laser com o sistema contemplado de banda larga aerotransportado, inteiramente em malha da empresa, o Infinitus Super Highway ™, para aperfeiçoar e maximizar velocidades de dados muito acima das redes existentes hoje.

O vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios e Compliance de Aviação da empresa, Jason T. de Mos, disse: "Acreditamos que, uma vez desenvolvido, nosso sistema híbrido, combinado com os tradicionais links de rádio com laser, pode fornecer um backbone aerotransportado de capacidade extrema, que pode oferecer largura de banda sem precedentes a um custo razoável. Nossa visão é a de uma união do controle da radiofrequência para localizar com precisão uma aeronave na malha com a capacidade de alternar, sempre que necessário, entre laser e radiofrequência para comunicações de dados, permitindo a nosso sistema contemplado operar com sucesso sob condições meteorológicas adversas, oferecendo, portanto, o melhor dos dois mundos".

O laser é 100% seguro contra interferência e contra interceptação. Ele se mantém invisível ao radar devido à estreita divergência do feixe. O sistema híbrido de comunicações a laser proposto pode utilizar luz de laser seguro aos olhos para transmitir dados em comunicações de distâncias muito longas. Esse sistema de banda altamente larga proposto o torna inacessível a quaisquer tecnologias concorrentes no momento.

Sobre a ViaLight

A ViaLight tem mais de 15 anos de extensa experiência em comunicações a laser em cenários de comunicações ponto a ponto no solo, no ar e no espaço. A ViaLight implementou com sucesso seu terminal a laser em um avião de caça Tornado, que voa em velocidades de mais de 750km/h. Sua tecnologia oferece comunicações com taxa de transmissão de dados ultra-alta em longas distâncias, sendo altamente eficiente energeticamente e ao mesmo tempo seguro.

Sobre a Airborne Wireless Network 

A empresa pretende criar uma rede wireless aerotransportada de banda larga e alta velocidade, ao interligar aviões comerciais em pleno voo. O projeto indica que cada aeronave participante da rede irá operar como repetidor ou roteador aerotransportado, enviando e recebendo sinais de banda larga de uma aeronave para outra e criando uma via expressa (superhighway) digital no céu. A empresa pretende que a rede seja uma condutora de internet de banda larga e alta velocidade para melhorar a conectividade de cobertura. A empresa não pretende disponibilizar cobertura de consumo no varejo a usuários finais, mas, em vez disso, atuar como uma operadora no atacado, com clientes-alvo tais como provedoras de serviços de internet e companhias telefônicas.

Atualmente, a conectividade mundial é conseguida com o uso de cabos submarinos, fibra instalada no solo e satélites. A empresa acredita que sua via expressa digital aerotransportada pode ser uma solução para preencher a lacuna de conectividade do mundo. Uma vez que a rede é desenvolvida e totalmente implementada, seu uso pode ser ilimitado. A rede da empresa, uma vez desenvolvida, deve fornecer conectividade em alta velocidade, de baixo custo, a áreas rurais, ilhas, navios no mar, plataformas de petróleo, além de conectividade a aviões comerciais e privados em pleno voo.

Para mais informações, visite www.airbornewirelessnetwork.com .

Observações relativas a declarações prospectivas:

Este comunicado à imprensa inclui "declarações prospectivas", dentro do significado das disposições de salvaguarda da Lei da Reforma de Contencioso de Valores Mobiliários Privados (Private Securities Litigation Reform Act) de 1995 dos Estados Unidos. Essas declarações se baseiam nas atuais convicções e expectativas da administração a empresa e estão sujeitas a riscos e incertezas significativos. Se suposições subjacentes se comprovarem imprecisas ou se riscos ou incertezas se materializarem, os resultados reais podem diferir substancialmente dos que foram estabelecidos nas declarações prospectivas.

Riscos e incertezas incluem, sem se limitar a: disponibilidade de capital; incertezas inerentes associadas ao desenvolvimento de novos produtos ou tecnologias e operando como uma empresa em estágio de desenvolvimento; nossa capacidade de levantar o financiamento adicional que iremos precisar para continuar a implementar nossos planos de negócios e de desenvolvimento de produtos; nossa capacidade de desenvolver e comercializar produtos com base em nossa plataforma tecnológica; concorrência no setor em que operamos e no mercado; condições gerais do setor; fatores econômicos gerais; o impacto da regulamentação do setor; avanços tecnológicos; novos produtos e patentes conseguidos pelas concorrentes; dificuldades ou atrasos de fabricação; dependência da eficácia das patentes da empresa; e a exposição a contenciosos, incluindo contenciosos de patentes e/ou ações regulamentares.

Contato:

info@airbornewirelessnetwork.com

+1-805-583-4302

FONTE Airborne Wireless Network

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos