HNA Infrastructure planeja adquirir empresa concessionária no maior aeroporto do Rio, no Brasil

HNA Infrastructure

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

HAIKOU, China, 17 de julho de 2017 /PRNewswire/ -- A HNA Infrastructure (600515) assinou, recentemente, um acordo para adquirir 51% de participação da Rio de Janeiro S.A. (RJA), a acionista controladora da empresa de operação e administração (CARJ) do Aeroporto Internacional do Galeão (GIG) no Rio de Janeiro, a um preço de aproximadamente R$ 1,07 bilhão, através da compra de participação acionária e pagamento de taxas de concessão. A transação, embora ainda pendente por estar sujeita a múltiplas aprovações regulamentares pelos governos da China e do Brasil, é claramente um passo comprovado da execução da Iniciativa "Belt and Road" ("Cinturão e Estrada") da China.

Como o maior aeroporto internacional no Rio de Janeiro (a segunda maior cidade do Brasil), o Aeroporto do Galeão traz vantagens regionais significativas e potencial incomparável para o desenvolvimento de futuros negócios. Uma vez concluído e após todas as aprovações governamentais serem obtidas, a transação deve ampliar consideravelmente a alocação de recursos externos da HNA Infrastructure, bem como a intensificação de know-how nos negócios de infraestrutura na América Latina.

Como países do BRIC, a China e o Brasil desfrutam grandes benefícios complementares em comum, especialmente porque, recentemente, a China ultrapassou a União Europeia e se tornou o maior mercado de exportação da China, e também porque a China também é, agora, a principal investidora estrangeira no Brasil. Em vista das necessidades mútuas de desenvolvimento, as duas nações assumiram um forte compromisso de ampliar a cooperação. Em julho de 2014, durante a visita de estado do presidente chinês Xi Jinping ao Brasil, os dois governos emitiram a "Declaração Conjunta da República Popular da China e a República Federativa do Brasil para Aprofundar Ainda Mais a Parceria Estratégica Completa entre a China e o Brasil", que propôs que as duas partes deveriam fortalecer a cooperação em campos tais como aviação e infraestrutura. Em 30 de março de 2017, o diretor do Banco Asiático de Investimentos em Infraestrutura (AIIB -- Asian Infrastructure Investment Bank) Jin Liqun visitou a HNA e observou que o AIIB e a HNA poderiam integrar ainda mais as vantagens dos dois lados e expandir a cooperação através da Iniciativa "Belt and Road" em aeroportos, portos marítimos e logística de alta qualidade e outros projetos de infraestrutura. Conforme o primeiro projeto de ação estratégica da HNA Infrastructure na América Latina, essa transação, apesar de ainda pendente por estar sujeita a aprovações governamentais, está bem posicionada e em linha com a Iniciativa "Belt and Road" da China.

Vale particularmente a pena mencionar a Changi Airports International (CAI), a parceira estratégica da HNA Infrastructure nesse projeto do Brasil, que irá deter 49% da RJA. A CAI é inteiramente controlada pela Changi Airport Group, que está gerenciando todas as operações do Aeroporto Changi de Cingapura, o aeroporto de classe mundial mais premiado e reverenciado do setor, que recebeu a classificação de zero defeitos por 36 anos consecutivos pela Federação Internacional das Associações de Pilotos de Linhas Aéreas (IFALPA -- International Federation of Air Line Pilots Association).

A CAI tem uma extensa experiência global, que se estende por mais de 50 aeroportos, em mais de 20 países. Ela é bem conhecida pela qualidade de seus serviços operacionais e alto padrão de segurança e é, de fato, um modelo público exemplar de administração global de aeroportos. Sendo associada aos aeroportos de Haikou e Changi, respectivamente, que são dois aeroportos cinco estrelas da Skytrax, entre os quatro únicos aeroportos cinco estrelas da Ásia, a CAI e a HNA Infrastructure são ambas líderes do setor nesse campo. Por isso, a cooperação e parceria da HNA Infrastructure com a CAI deve gerar uma sinergia significativa entre as duas empresas nos empreendimentos de negócios globais das empresas.

Também vale a pena mencionar que a HNA Infrastructure adere, persistentemente, ao espírito empreendedor da HNA Group, especialmente na realização da recente transformação estratégica da empresa. O relatório anual de 2016 da HNA Infrastructure mostra que sua principal receita de negócios atingiu 9,94 bilhões de yuans, um aumento de 14,51% sobre o ano anterior. O lucro líquido atribuível aos acionistas foi de 959,76 milhões de yuans, um aumento de 96,26% sobre o ano anterior. A empresa também registrou um aumento de 486,51% após a dedução de lucros e perdas não-recorrentes. Ao que consta, a HNA Infrastructure vem implementando continuamente a Iniciativa "Belt and Road", tomando projetos de PPP como a direção para desenvolvimentos futuros, e desenvolvendo ainda mais os projetos "Dual Port, One Road" (duplo porto, uma estrada), projetos de GTC completos e outros projetos de infraestrutura, com o objetivo de se tornar a principal operadora, gestora e investidora de infraestrutura no mundo, junto com a Marine Silk Road.

Altamente esperada, mas sujeita a aprovações governamentais finais, essa transação no Brasil tem sido largamente considerada como a grande iniciação da HNA Infrastructure junto com a Iniciativa "Belt and Road".

FONTE HNA Infrastructure

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos