Bolsas

Câmbio

Identificando impacto extremo em pesquisa, a Clarivate Analytics usa citações para prever ganhadores do Prêmio Nobel

Clarivate Analytics

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

FILADÉLFIA, 20 de setembro de 2017 /PRNewswire/ -- A Clarivate Analytics, líder mundial em fornecimento de percepções e analíticas confiáveis para acelerar o passo da inovação, anunciou hoje seus Laureados por Citações de 2017.

Todos os anos, desde 2002, analistas da Clarivate Analytics vêm minerando milhões de citações na Web of Science (Web da Ciência) para identificar os melhores pesquisadores em fisiologia ou medicina, física e química -- os campos reconhecidos pelo Prêmio Nobel em ciências. A empresa também indica Laureados por Citações no campo da economia, desde que o Banco Nacional da Suécia estabeleceu um prêmio nesse domínio, em memória de Alfred Nobel, em 1968.

Os Laureados por Citações são cientistas e economistas cujas publicações foram citadas com muita frequência por seus colegas -- e, portanto, têm sido tão influentes -- o que leva à previsão de que são potenciais recipientes do Prêmio Nobel neste ano ou no futuro.

Em 15 anos, 43 Laureados por Citações foram homenageados com um Prêmio Nobel.

Uma boa aposta para um Prêmio Nobel neste ano pode ser o de física, pela detecção de ondas gravitacionais resultantes da coalescência de buracos negros, o que foi previsto por Einstein há mais de um século. Os recipientes mais prováveis seriam Kip S. Thorne da Caltech e Rainer Weiss do MIT, que foram nomeados Laureados por Citações da Clarivate Analytics no ano passado.

Há muitos indicados notáveis. Pela primeira vez, cientistas russos foram incluídos entre os Laureados por Citações. O grupo deste ano também inclui pesquisadores da Dinamarca, Alemanha, Grécia, Índia, Japão, Holanda, Coreia do Sul e Taiwan, bem como do Reino Unido e dos EUA. Eles estão listados abaixo:

Os Laureados por Citações de 2017 da Clarivate Analytics

FISIOLOGIA ou MEDICINA

Lewis C. Cantley

Diretor da Meyer e professor de Biologia do Câncer do Centro de Câncer Sandra e Edward Meyer, da Faculdade de Medicina Weill Cornell, Cidade de Nova York, Nova York, EUA.

Por descobrir a via de sinalização fosfoinositídeo 3-quinase (PI3K) e pela elucidação de seu papel no crescimento do tumor.

Karl J. Friston

Professor de Neurociência de Imagiologia e principal acadêmico pesquisador da Wellcome, do Centro de Neuroimagiologia Wellcome Trust, da Universidade College London, Londres, Reino Unido.

Por contribuições fundamentais à análise de dados de imagiologia do cérebro, especificamente através de mapeamento estatístico paramétrico e morfometria baseada em voxel.

Yuan Chang

Professor de Pesquisa da Sociedade Americana do Câncer, eminente professor de Patologia e Endowed Chair pela UPMC em Virologia do Câncer, da Escola de Medicina da Universidade de Pittsburgh, em Pittsburgh, Pensilvânia, EUA

-e-

Patrick S. Moore

Diretor do Programa de Virologia do Câncer, do Instituto do Câncer da Universidade de Pittsburgh, professor de Pesquisa da Sociedade Americana do Câncer, eminente professor de Microbiologia e Genética Molecular e chair da Fundação Pittsburgh em Pesquisa Inovadora do Câncer, da Escola de Medicina da Universidade de Pittsburgh, em Pittsburgh, Pensilvânia, EUA.

Ambos pela descoberta do vírus de herpes associado ao sarcoma de Kaposi ou herpesvírus humano 8 (KSHV/HHV8).

FÍSICA

Phaedon Avouris

Pesquisador da IBM e líder de grupo de Ciência e Tecnologia de Escala de Nanômetro do Centro de Pesquisa Thomas J. Watson, Yorktown Heights, Nova York, EUA

-e-

Cornelis (Cees) Dekker

Eminente professor universitário e diretor do Instituto Kavli de Nanociência, da Universidade de Tecnologia de Delft, Delft, Holanda

-e-

Paul McEuen

Professor de Ciência Física da John A. Newman, do Departamento de Física da Universidade Cornell, Ithaca, Nova York, EUA.

Por contribuições seminais à eletrônica baseada em carbono.

Mitchell J. Feigenbaum

Professor da Toyota, do Laboratório de Física Matemática da Universidade Rockefeller, Cidade de Nova York, Nova York, EUA.

Por descobertas pioneiras em sistemas físicos não lineares e caóticos e para a identificação da Constante de Feigenbaum.

Rashid A. Sunyaev

Diretor e membro científico do Instituto Max Planck para Astrofísica em Garching, Alemanha (desde 1995), chefe do Departamento de Astrofísica de Alta Energia do Instituto de Pesquisa Espacial, Academia Russa de Ciências, Moscou (de 1982 a 2002; cientista-chefe desde 1992); professor visitante do Instituto de Estudos Avançados, Princeton (desde 2010), Moscou, Rússia.

Por suas profundas contribuições a nosso entendimento do universo, incluindo suas origens, processos de formação galáctica, acreção de discos de buracos negros e muitos outros fenômenos cosmológicos.

QUÍMICA

John E. Bercaw

Emérito professor "centennial" de Química, da Divisão de Química e Engenharia Química da Caltech, Pasadena, Califórnia, EUA

-e-

Robert G. Bergman

Eminente professor da Gerald E.K. Branch, do Departamento de Química da Universidade da Califórnia em Berkeley, Berkeley, Califórnia, EUA

-e-

Georgiy B. Shul'pin

Pesquisador científico sênior do Instituto de Física Química N. N. Semenov, Academia Russa de Ciências, Moscou, Rússia.

Por suas contribuições fundamentais à funcionalização C-H.

Jens Nørskov

Professor da Leland T. Edwards na Escola de Engenharia e professor de Ciência do Fóton e pesquisador sênior do Instituto de Energia Precourt, do Departamento de Engenharia Química da Universidade de Stanford, Stanford, Califórnia, EUA.

Por avanços fundamentais, teóricos e práticos, em catálise heterogênea sobre superfícies sólidas.

Tsutomu Miyasaka

Professor de Fotoeletroquímica e Ciência da Energia, da Faculdade de Engenharia Biomédica e Escola de Pós-Graduação em Engenharia, Universidade Toin de Yokohama; líder do grupo de projetos de pesquisas nacionais, financiados pela Agência de Ciência e Tecnologia do Japão (JST -- Japan Science Technology) e pela Agência de Exploração Espacial do Japão (JAXA -- Japan Aerospace Exploration Agency), Yokohama, Japão

-e-

Nam-Gyu Park

Professor da Escola de Engenharia Química da Universidade Sungkyunkwan, Seul, Coreia do Sul

-e-

Henry J. Snaith

Professor de Física do Laboratório Carendon, da Universidade de Oxford, Oxford, Reino Unido.

Por suas descobertas e aplicação de materiais de perovskita para conseguir a conversão eficiente de energia.

ECONOMIA

Colin F. Camerer

Professor de Finanças e Economia Comportamental da Robert Kirby, Divisão de Ciências Humanas e Sociais, e chair do Centro Tianqiao e Chrissy Chen de Liderança Social e Neurociência da Decisão da Caltech, Pasadena, Califórnia, EUA

-e-

George F. Loewenstein

Professor de Economia e Psicologia da Universidade Herbert A. Simon, Universidade Carnegie Mellon, Pittsburgh, Pensilvânia, EUA.

Por suas pesquisas pioneiras em economia comportamental e em neuroeconomia.

Robert E. Hall

Pesquisador sênior e professor de economia da Robert and Carole McNeil Joint Hoover, Universidade de Stanford, Stanford, Califórnia, EUA.

Por sua análise da produtividade do trabalhador e estudos sobre recessões e desemprego.

Michael C. Jensen

Emérito professor de Administração de Empresas da Jesse Isidor Straus, da Escola de Negócios da Universidade de Harvard, Cambridge, Massachusetts, EUA

-e-

Stewart C. Myers

Emérito professor de Economia Financeira da Robert C. Merton (1970), da Escola de Administração Sloan, MIT, Cambridge, Massachusetts, EUA.

-e-

Raghuram G. Rajan

Eminente professor de Serviço de Finanças da Katherine Dusak Miller, da Escola de Negócios Booth da Universidade de Chicago, Chicago, Illinois, EUA.

Por suas contribuições que iluminam as dimensões de decisões em finanças corporativas.

"A análise que começa com – e principalmente depende de -- documentos altamente citados, permite à Clarivate Analytics identificar objetivamente a excelência em pesquisa", disse a diretora global dos negócios de Pesquisa Científica e Acadêmica da Clarivate Analytics, Jessica Turner. "É nossa honra aclamar pesquisadores pioneiros e esperamos que esta designação seja uma honra para eles. Nossa análise reflete fielmente o que suas citações por colegas já indicaram sobre a influência e importância das contribuições para a pesquisa dos Laureados por Citações. Entretanto, nossa análise reflete apenas o que seus colegas já indicaram sobre a influência e a importância das contribuições para a pesquisa dos Laureados por Citações".

"Isso é o que fazemos", ela acrescentou. "Nós registramos de forma abrangente e analisamos cuidadosamente as pesquisas científicas e acadêmicas para fornecer uma janela clara e precisa sobre o mundo da pesquisa".

Para informações detalhadas sobre a metodologia desse estudo, os Laureados por Citações e seus campos de pesquisa e afiliações institucionais, visite https://clarivate.com/2017-citation-laureates/ .

Siga @Clarivate, @WebofScience e #CitationLaureate no Twitter para obter notícias em dia sobre as predições e percepções profundas sobre seus campos de pesquisa.

Clarivate Analytics

A Clarivate™ Analytics é a líder global no fornecimento de percepções e analíticas confiáveis, para acelerar o passo da inovação. Aproveitando uma tradição de mais de um século e meio, construímos as marcas mais confiáveis no ciclo de vida da inovação, como a Web of Science™, Cortellis™, Derwent™, CompuMark™, MarkMonitor® e Techstreet™. Hoje, a Clarivate Analytics é uma empresa nova e independente, com uma missão empreendedora corajosa, para ajudar seus clientes a reduzir radicalmente o tempo desde as novas ideias a inovações transformadoras de vidas. Para mais informações, por favor, visite clarivate.com .

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/455613/clarivate_logo_for_press_release_Logo.jpg

FONTE Clarivate Analytics

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos