Principal universidade da China expande a vitalidade da inovação tornando-se internacional

Zhejiang University (ZJU)

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

HANGZHOU, China, 20 de novembro de 2017 /PRNewswire/ -- Em 21 de outubro de 2017, o Campus da Universidade Internacional de Zhejiang foi inaugurado oficialmente. Há cerca de um ano, o professor Philip T. Krein, membro da Academia Americana de Engenharia, veio à Universidade de Zhejiang (ZJU) na China. Nessa universidade, chamada de "Cambridge Oriental", ele assumiu o cargo de reitor, em tempo integral, do Instituto da Universidade de Zhejiang / Universidade de Illinois at Urbana-Champaign (o Instituto ZJU-UIUC).

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/607615/Haining_International_Campus_Zhejiang_University.jpg

O instituto conjunto foi estabelecido no Campus Internacional de Haining da ZJU. Na condição de um novo modelo da educação transnacional, o instituto irá fornecer formação em engenharia de nível internacional, ao adotar os melhores currículos e recursos da UIUC, complementados por contribuições igualmente significativos da ZJU. Localizado na Baía de Hangzhou, uma área essencial na região do Delta do Rio Yangtze, o Campus Internacional cobre uma área de terra de aproximadamente 80 hectares, que também abriga o Laboratório Conjunto Imperial para a Ciência de Dados Aplicada da ZJU e o Instituto ZJU-UoE (Universidade de Edinburgh), etc. Com um planejamento ambicioso do governo chinês de transformar a área da Baía de Hangzhou em um motor para a inovação econômica -- ou uma versão chinesa da Área da Baía de São Francisco -- muita atenção vem sendo dada a esse novo campus da ZJU.

"A construção de um Campus Internacional é outra realização importante do esforço de internacionalização da Universidade de Zhejiang", disse o professor SONG Yonghua, vice-presidente executivo da ZJU e reitor-fundador do Campus Internacional. Após muitos anos de prática operacional da escola internacionalizada, a ZJU desenvolveu, em 2013, a "Estratégia Global 4S" distinta e eficaz, com 4S significando ""strategic" (estratégica), "substantial" (substancial), "sustainable" (sustentável) e "service-oriented" (voltada para serviços). "Baseada na nova norma da China, a "Estratégia Global 4S" estabelece uma estrutura teórica e prática para a internacionalização da ZJU, ao mesmo tempo que adota todas as boas práticas das atuais universidades de nível internacional", disse SONG.

A ZJU é apenas uma das principais universidades da China que estão avançando em direção à internacionalização. Nos últimos anos, com a implementação de estratégias nacionais para o "rejuvenescimento do país através da ciência e da educação" e para o "fortalecimento do país com talentos", a educação superior da China vem apresentando um novo padrão de abertura e desenvolvimento e está se direcionando para o primeiro plano da educação superior global, com a última medida governamental de apoio através da "Iniciativa de Primeira Classe Dupla".

A China está exportando um grande número de estudantes para estudar no exterior, enquanto mais e mais estrangeiros estão buscando uma educação superior nas instituições de ensino chinesas, o que tem gerado um nível mais alto de internacionalização no desenvolvimento de recursos humanos. Em 2016, 545.000 chineses foram estudar no exterior, em cerca de 180 países e regiões. E a China se tornou a maior exportadora do mundo de estudantes estrangeiros. No mesmo ano, mais de 443.000 estudantes estrangeiros vieram para a China, tornando o país o primeiro destino de estudantes estrangeiros na Ásia. Além disso, a China está mostrando um forte "efeito magnético" para atrair talentos no exterior, passando pela maior onda de estudantes chineses voltando para casa após estudar no exterior desde a fundação da República Popular da China em 1949. Até o final de 2016, mais de 2,65 milhões de estudantes voltaram para a China.

Fundada em 1897, a ZJU é uma das primeiras academias modernas de educação superior criadas pelos próprios chineses. Após 120 anos de desenvolvimento, ela se tornou uma das melhores universidades da China. De acordo com dados divulgados pelo Essential Science Indicator (ESI), em novembro de 2017, a ZJU se classificou entre as melhores 1% das instituições em 18 disciplinas e ficou colocada entre as 50 melhores instituições acadêmicas do mundo em cinco disciplinas, registrando o melhor desempenho entre as universidades da China Continental.

Com mais e mais cooperação entre universidades chinesas e estrangeiras, a China está compartilhando recursos educacionais com parceiras internacionais. Até o final de 2016, a China havia estabelecido cooperativas globais e relações de intercâmbio em 188 países e regiões, realizou colaborações e intercâmbios educacionais com 46 organizações internacionais e assinou acordos em 47 países e regiões para reconhecimento mútuo de diplomas acadêmicos. Há 2.480 instituições de ensino e projetos operados cooperativamente por chineses e estrangeiros, aprovados pelo Ministro da Educação da China

Em setembro de 2017, a ZJU criou formas diferentes de cooperação com mais de 170 universidades e outras instituições de ensino em 34 países, em cinco continentes. Em 2016, mais de 4.800 estudantes da ZJU participaram de intercâmbios internacionais e mais de 3.400 estudantes internacionais em busca de bacharelado foram atraídos para seus câmpus.

Ao comentar sobre a internacionalização das universidades chinesas, o professor Krein disse que contra o pano de fundo da globalização, a humanidade está enfrentando mais e mais desafios comuns. Enquanto isso, a globalização também fornece oportunidades sem precedentes para a cooperação em educação superior. Através da cooperação intercultural e inter-regional, os estudantes terão mais chances de desenvolver suas qualificações para pesquisar e inovar, se tornar talentos criativos para exercer liderança o futuro e dará maior contribuição para o crescimento econômico e o progresso social.

Links para imagens anexadas:

http://asianetnews.net/view-attachment?attach-id=301208

FONTE Zhejiang University (ZJU)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos